A Força Aérea dos Estados Unidos planeja acelerar o desenvolvimento e a integração de uma arma de ataque hipersônica lançada do ar que seria levada por caças e bombardeiros.

A liderança da USAF está solicitando propostas a um seleto grupo de construtores de defesa e planos para assinar um contrato até o final do ano.

Uma arma convencional hipersônica e orientada por precisão proporcionaria uma capacidade de ataque contra “alvos de superfície fixos e moveis de alto valor” em ambientes contestados, informou a Força Aérea em um anúncio público no dia 21 de julho. As empresas interessadas devem se manifestar até o dia 4 de agosto.

Uma velocidade hipersônica é cinco vezes a velocidade do som (Mach 5) e além. Boeing, Lockheed, Northrop, Raytheon e Orbital ATK “são as únicas empresas que parecem possuir a capacidade necessária no prazo estipulado pela USAF sem causar um atraso inaceitável.

Em 2016, a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (Defense Advanced Research Projects Agency – DARPA) concedeu contratos a Raytheon e a Lockheed no valor de US$ 174 milhões e US$ 171 milhões, respectivamente, para realizar pesquisas no âmbito do seu programa Hypersonic Air-breathing Weapon Concept (HAWC). A intenção desse programa é “enfatizar testes de voo eficientes, rápidos e acessíveis para validar tecnologias-chave“.


FONTE: DARPA; AINonline

5 COMENTÁRIOS

  1. Com a tecnologia cada vez mais fantástica e rápida no futuro não precisaremos de aviões de combate, tudo será feito na tela de um computador.

  2. ram jet é sustentavel acima de mach 1 até mach 5 onde o scramjet começa, serve como transição entre o booster e o scramjet aumentando a eficiencia de combustivel

    • acho que a velocidade final do scramjet depende da propria resistencia a abrasão e compressão do material do motor

    • as vezes penso num motor variavel que consiga mudar sua geometria de ramjet pra scramjet

  3. Analisando o infografico, entendi que este míssil não é uma arma por si só, mas um transportador de armas convencionais. Esse entendimento está correto?

Comments are closed.