RQ-170 Sentinel
RQ-170 Sentinel

A U.S. Air Force confirmou para renomada publicação Aviation Week a existência do até então chamado “Besta de Kandahar” UAV, um modelo a jato estilo stealth, remotamente pilotado, visto voando fora do Afeganistão no final de 2007.

O RQ-170 Sentinel, acredita-se que seja uma asa voadora sem estabilizador vertical, com pods de sensores colocados dentro da estrutura de cada asa, que foi desenvolvida pelo Programa de Desenvolvimento Avançado (ADP) da Lockheed Martin, melhor conhecido como Skunk Works. Um oficial da USAF revelou no dia 4 de dezembro que o serviço está “desenvolvendo um sistema de aeronave stealth não-tripulada (UAS) para prover reconhecimento e vigilância no apoio as forças de combate na linha de frente do campo de batalha.”

Vários blogs e sites, inclusive o Cavok, divulgaram imagens da suposta aeronave, vista em operação nessa semana. Veja aqui o que divulgamos.

Bolacha do 30° Esquadrão de Reconhecimento de Tonopah
Bolacha do 30° Esquadrão de Reconhecimento de Tonopah

O RQ-170 é voado pelo 30° Esquadrão de Reconhecimento da Base Aérea de Tonopah, Nevada – lar dos caças stealth F-117 quando a existência do programa era ainda secreta – e é controlado pela Base Aérea de Creech, em Nevada, na 432ª Wing, do Air Combat Command. Em Kandahar, o Sentinel está sendo operado a partir do hangar do General Atomics Aeronautical Systems.

A designação do RQ-170 é similar a do F-117 – um prefixo correto, mas fora da sequência para evitar palpites acertados sobre a existência do programa. Tecnicamente, a designação RQ significa um aeronave não armada em vez do prefixo MQ aplicado para os UAV armados Predator e Reaper.

38c037ce-6d14-4cc2-92c1-47db5fd12842.LargeMuitas dúvidas ainda permanecem, como modos de operação, utilizações específicas e dados técnicos.

Maiores informações podem ser lidas no link do artigo escrito pela Aviation Week.

Fonte: Aviation Week – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.