A USAF iniciou buscas por um assento ejetor de nova geração. (Foto: Martin-Baker – Imagem ilustrativa)

A Força Aérea dos EUA (USAF) iniciou uma avaliação de mercado para identificar fontes potenciais para seu Assento de Ejeção de Nova Geração.

O serviço está procurando por uma substituição moderna de assento de ejeção para ser instalada em uma variedade de aeronaves, incluindo o Fairchild Republic A-10 Thunderbolt II, McDonnell Douglas F-15 Eagle, Lockheed Martin F-16 Fighting Falcon, F-22 Raptor e Rockwell B-1 Lancer.

A competição ainda não foi oficialmente aberta e a USAF não anunciou a data em que começaria a aceitar propostas.

Possíveis concorrentes para a eventual competição incluem a Martin-Baker e a Collins Aerospace, dois dos principais fornecedores militares dos EUA de assentos ejetáveis.

A USAF quer um assento que possa ejetar com segurança um piloto com uma faixa de peso de 62,6 kg a 153 kg. O peso total inclui peso nu da tripulação, peso do equipamento de voo da tripulação e peso do kit de sobrevivência.

Os requerimentos da USAF especificam que o assento deve ser capaz de ejetar em velocidades de até 600 nós (1,111 km/h) e em altitudes de 0 a 60.000 pés. A velocidade de descida vertical do paraquedas de recuperação não deve exceder 1.380 pés/min (7,01 m/s) e deve ser direcionada para uma taxa de curva mínima de 20°/s.


FONTE: FlightGlobal

2 COMENTÁRIOS