O jato Bombardier Global Express BD-700 com o sistema BACN recebeu a nova designação E-11A em operação na USAF.

As duas diferentes plataformas de aeronaves que voam com o sistema Battlefield Airborne Communications Node(BACN), desenvolvido pela Northrop Grumman Corporation, foram oficialmente designadas pela Força Aérea dos EUA como E-11A e EQ-4B. O jato Bombardier Global Express BD-700 recebeu a nova designação E-11A, refletindo o papel da missão especial eletrônica do BACN. A aeronave não-tripulada da Northrop Grumman Global Hawk RQ-4B, especialmente modificada para hospedar o sistema BACN, foi re-designado como EQ-4B.

No dia 21 de setembro, a Força Aérea concedeu a Northrop Grumman uma extensão de contrato de US$ 43 milhões, para operar, apoiar e manter por cinco meses as duas aeronaves E-11A e para operar e manter o equipamento do sistema BACN.

A aeronave não-tripulada Global Hawk da Northrop Grumman, equipada com o sistema BACN, recebeu a designação EQ-4B na USAF. (Foto: Greg L. Davis / U.S. Air Force)

O BACN é um sistema de comunicações aéreo para alta altitudes que mantém um suporte operacional de comunicações 24 horas por dia, sete dias por semana. A conectividade persistente do BACN oferece uma melhorada consciência situacional e permite uma melhor coordenação entre os equipamentos militares na linha de frente e seus comandantes.

“Esta nova designação das aeronaves tripuladas e não-tripuladas do BACN reflete um mix de aeronaves exclusivas que dá aos comandantes no teatro de operação as capacidades complementares para apoiar as missões do BACN”, disse Claude Hashem, vice-presidente e gerente geral da empresa Northrop Grumman na área de Sistemas de Comunicações e Sistemas de Informação. “Os jatos executivos E-11A oferecem as opções de rápido destacamento tático, enquanto os sistemas não-tripulados EQ-4B fornecem recursos de longos períodos de voo e uma capacidade de persistência insuperável.”

Desde que o sistema foi implantado para apoiar a Operação Liberdade Duradoura, em outubro de 2008, o sistema BACN voou mais de 25.000 horas em operação, em mais de 2.500 missões, e registrou uma taxa de disponibilidade em missão de 98 por cento.

Anúncios

4 COMENTÁRIOS

Comments are closed.