A fabricante sul-coreana de aeronaves KAI (Korean Aerospace Industries) disse hoje (23/03) que a Força Aérea dos EUA planeja arrendar um pequeno número de jatos de treinamento avançados T-50A da KAI até que novos jatos de treinamento cheguem da Boeing, a vencedora do concurso de treinamento T-X.

De acordo com um aviso publicado on-line pela Administração de Serviços Gerais dos EUA em janeiro, o Comando de Combate Aéreo dos EUA planeja contratar a Hillwood Aviation para fornecer de quatro a oito aeronaves avançadas de treinamento a jato T-50A Golden Eagle da KAI para ajudar seus aviadores a desenvolver habilidades táticas relevantes antes eles começam seu treinamento formal com o Boeing T-7A Red Hawk.

“Embora a KAI tenha perdido a competição em 2018 para um consórcio formado pela Boeing e Saab, o arrendamento de quatro a oito jatos de treinamento T-50A está sendo revisado, já que eles já estão operacionais e sendo exportados”, disse uma autoridade da KAI.

“Quando a Hillwood Aviation comprar jatos de treinamento T-50A, eles serão alugados para a Força Aérea dos EUA. O preço de cada jato está em negociação.”

Os jatos de treinamento T-50A fornecerão aproximadamente 3.000 surtidas (4.500 horas de voo) anualmente por quatro anos e 364 dias, de acordo com o Comando de Combate Aéreo.


Fonte: The Korea Herald

Anúncios

4 COMENTÁRIOS

  1. Vou tentar entender: os americanos fizeram um concorrência para comprar jatos de treinamento e escolheram um que estava só no papel, mas agora vão alugar um certo numero de aeronaves de um fabricante que estava na mesma concorrência? É isso mesmo?