Paraquedistas embarcam numa aeronave C-95M Bandeirante no Aeroporto de Pelotas. (Foto: 5° ETA)

Começou nesta quarta-feira (2/5), no aeródromo de Pelotas (RS), o Exercício Operacional (EXOP) Épsilon 2012, coordenado pelo Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR). O treinamento vai até o dia 17 de maio e também serão realizadas ações em Bagé (RS).

Os militares do V COMAR, do 5º ETA e do BINFAE-CO estão envolvidos em missões diurnas e noturnas e contam, ainda, com a participação de aeronaves e militares do 3º Esquadrão de Transporte Aéreo (3º ETA), sediado no Rio de Janeiro, e do 4º Esquadrão de Transporte Aéreo (4º ETA), sediado em São Paulo.

Participam do exercício em Pelotas as aeronaves do 5° ETA da Base Aérea de Canoas (BACO). (Foto: 5° ETA)

A realização do Exercício fora de sede possibilita aos envolvidos treinar procedimentos em um local diverso de sua rotina, dentro de um contexto tático simulado, proporcionando a capacidade de agir em locais diferenciados com a mesma competência operacional, a exemplo do efetivo do 5º ETA, que executará a formação e a manutenção operacional de suas equipagens.

Além disso, o EXOP tem por objetivo desenvolver o sistema de Comando e Controle do V COMAR, bem como sua capacidade de pronto emprego no apoio às atividades.

Fonte: V COMAR

Anúncios

4 COMENTÁRIOS

  1. Porque não os EMB-120????? Vamos continuar com os Bandeirantes até quando????? Tomará que não apareça nada na CPI do Cachoeira…

    [ ]s

    • O EMB-120 da FAB só serve para transporte de passageiros. O 110 serve para transporte de passageiros/carga, lançamento de paraquedistas e fardos.

      O 110 é mais tosco.

  2. Muito bonita a camuflagem do Bandeirante. É nova não é? Abraço gente.

  3. O Brasília é um avião civíl adaptado ao uso militar. O bandeirante é o verdadeiro pé-de-boi da FAB, um avião nascido para uso militar a adaptado ao uso civíl.

Comments are closed.