O Veículo Aéreo Não-Tripulado (VANT) Heron da Polícia Federal.

Autoridades regionais e a própria Polícia Federal que atua no Oeste há anos querem saber a razão de o Vant, avião sem tripulante de tecnologia israelense adquirido pelo governo brasileiro no valor de R$ 8 milhões, não está atuando como deveria. A aeronave equipada com sensores e câmeras foi enviada a uma base da PF em São Miguel do Iguaçu com o objetivo de monitorar e impedir o tráfico e o contrabando na fronteira, porém mais de três meses depois do voo inaugural os resultados ainda não apareceram.

O avião pequeno e silencioso, mas possível de ser notado, voa a uma altitude média de dez quilômetros e pode fazer buscas, investigar e atuar na vigilância em tempo real com a capacidade de identificar pessoas, estradas clandestinas e placa de veículos. As imagens que ele captura são enviadas a uma central comandada pela Polícia Federal, com agentes que teriam vindo de fora, e podem ser repassadas instantaneamente via satélite para qualquer base relacionada.

Para esse investimento, o governo vinha testando o equipamento desde 2009 e esta não seria a única aquisição. No fim do ano passado ele foi apresentado oficialmente, no entanto moradores da cidade confirmam que era mais comum vê-lo sobrevoar a região quando estava em fase de teste do que agora. Há quem garanta que desde a solenidade ele teria deixado pouquíssimas vezes o hangar que fica no aeroporto da cidade, onde hoje só operam voos particulares.

A segurança física é feita por homens da Força Nacional. O O Paraná esteve no local, contatou informalmente com agentes que disseram não poder falar sobre o assunto. Também não foi permitido fazer imagens do avião, mas houve a garantia de que ele está operando normalmente.

A promessa do equipamento era revolucionária. Sua aquisição tornaria a PF brasileira a única no mundo a contar com uma tecnologia tão avançada e com autonomia de voo de até 20 horas.

Em Brasília, apesar de diversos contatos com o comando da PF, não houve informações nem foi repassado diagnóstico das investigações e operações realizadas.

PF dividida

Local onde a aeronave está sendo mantida, sem operar.

Informações extraoficiais dão conta que o equipamento está inoperante por uma série de motivos, um deles seria a falta de recursos para a compra de combustível e inexistência de estrutura para mantê-lo no ar, o que poderia envolver a manutenção. Esse será um dos principais pontos de abordagem do 1º Fórum Regional de Segurança Pública que será realizado na metade de fevereiro. O evento é organizado pela Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) e, segundo o presidente Eliezer Fontana, os prefeitos querem saber e vão perguntar ao governo por quê o equipamento não está atuando como deveria.

“A informação que temos é que ele não está voando. É um direito nosso saber por que”, reforçou. “Se estiver voando, operando, gostaríamos de ter acesso ao resultado dessas operações”, concluiu.

A possível inoperância vai além. Agentes da Polícia Federal que já estavam na região antes da chegada do Vant não estão contentes como o que vem ocorrendo. O grupo, ou boa parte dele, não sabe o que o avião está fazendo. Esses agentes não teriam tido o direito de trabalhar com ele e também não sabem que resultado rendeu até agora. Esses agentes tinham como promessa a atuação conjunta com a base, mas nunca chegaram próximos da aeronave. A alegação do grupo é que hoje no Oeste existem duas polícias federais atuando: a que trabalha e a que não tem a oportunidade de trabalhar com ele.

A crítica tem complemento: o Vant teria vindo de cima para baixo, ou seja, por imposições, e quem o opera são agentes vindos de Brasília. Oficialmente, os que vieram e os que já estavam aqui não foram apresentados. Enquanto isso, para a PF regional faltaria, inclusive, equipamentos operacionais.

Fonte: Juliet Frantin, O Paraná

Dica do amigo Alan, de Cascavel. Obrigado 😉 (Não havíamos recebei do seu e-mail, pois havia caído nos SPAMs)

Anúncios

49 COMENTÁRIOS

  1. Esse é o Brasil real, longe da fábula do "Brasil – PuTênfia", cantado em prosa e verso por blogs aparelhados, revistas chapa-branca e o DIP estatal. E ainda acham que vão ser a mais poderosa força aérea do continente com o Rafale. Piada de mau gosto….

    • Sem querer polemizar à toa, mas me mostre, na matéria, aonde está a fonte da informação? Onde está a sustentação da tese?

      1 Os moradores da região afirmam que ele está "voando menos agora do que antes", o que quer dizer, então, que está voando;

      2 o texto afirma que "mais de três meses depois do início da operação do vant ainda não apareceram os resultados das investigações", investigações as quais ele nem cita quais são, mas que dá a entender que existem com a ajuda do vant;

      3 a PF é a "única operadora" desse tipo de equipamento no mundo. Se todos aqui acompanham notícias sobre geopolítica como eu, sabem que isso está, pra ser educado, incorreto;

      4 o resto do texto é um conjunto de achismos: informações extraoficiais, contato informal com agentes (seja lá o que isso signifique); falta de equipamentos para operação (sem citar quais seriam estes), e por aí vai;

      5 fechando com chave de ouro, o grande destaque na reportagem materializada na "Amop" (única fonte de fato citada na reportagem), e em sua cobrança sobre a necessidade de se saber o que está sendo investigado, o tal "resultado das operações"!!! Veja bem, não é saber porque o vant não voa, mas o que ele está olhando lá de cima e é anexado a investigações policiais!!! Estranho, não acha?

      A fábula HMS existe na leitura apressada desse tipo de material criado nessa nossa imprensa. Se não fossem meios como o Cavok aqui, onde estas bobagens são postas para serem discutidas, analisadas, colocadas sob a luz da inteligência, sujeito a crítica, ficaríamos na mão desse atraso de raciocínio que considera qualquer independência de ação como aparelhamento.

      E só pra terminar. Eu não duvidaria que o vant estivesse inoperante. Pra conferir é fácil. Tem escritório regional da PF alí na região de Foz do Iguaçu, que é responsável por equipamentos e operações da PF. É só perguntar pro superintendente regional (que tem nome!!!), sobre o vant, que ele é obrigado a falar. Mas pra isso tem de querer informar, noticiar,fazer jornalismo, coisa que o artigo infelizmente não faz.

      Eu também agradeço ao Alan por trazer esta reportagem aqui. Só vendo esse tipo de coisa pra ver o quão mau informados somos,aqui no Brasil, pelos meios tradicionais de mídia.

      Abs

      • Se para publicar algo no jornal tivesse que ter "sustentação da tese", não sobraria nenhum.

        A informação foi válida, atiçou a curiosidade, agora melhores informações vão surgir a partir desta.

        • Se um veículo de comunicação não usa formas objetivas de informar, a tese, que é base da informação, desqualifica o trabalho informativo. Por isso que os blogs estão se tornando uma fonte de informação muito mais confiável do que as mídias tradicionais.

          E temos de pensar em que a curiosidade pode ser dirigida. Aí entra a parte de maior responsabilidade do meio de comunicação: trazer fatos, não suposições. Induzir não é informar.

          Reforçando: acredito que possa realmente haver problemas com os vant´s, mas não é o que diz a reportagem, e nem seu objetivo.

          Abs

      • As informações sobre os problemas com os vants da PF já são conhecidas e noticiadas pela TV, inclusive com o Ministério da Justiça vindo se pronunciar a respeito da falta licitação para compra de combustível, que se não me engano, se da pela falta de interesse de empresas em participar da concorrência.

        • Caro PauloR

          É justamente esse o ponto. O problema com os fornecedores de combustível (que não é pouca coisa) é noticiado à algumas semanas, com pronunciamento do Min. da Justiça, como você afirma. Você viu isso (fato) citado na matéria acima? Pra que os "prefeitos" querem saber sobre as investigações? Isso não é dito no texto.

          Enfim, esta é uma matéria dirigida pra criar um tema "contra" o vant, só isso.

          Abs

      • Bom dia, pois é meu povo, eu moro em Cascavel, 145km de Foz, e vou regularmente para Foz e desde março, eu contei, fui 13 vezes para Foz, e para os engraçadinhos de plantão, não sou sacoleiro, hahahaha.

        Em fim, 4x eu fui até ao aeroporto porque era operação de fiscalização na fronteira e um amigo meu, agente da Receita Federal me disse que possivelmente usariam o VANT e nada.

        No aeroporto sempre que pergunto, os funcionários dizem que o VANT é pouquíssimo usado.

        Segundo meu amigo da Receita, os trabalhos de fiscalização nas margens do rio paraná, continuam sem informações vindo do VANT, segundo ele, apenas 2 apreensões foram feitas utilizando ajuda do VANT, ambas de pouca importância com pequenos contrabandos.

        Mas claro, podem estar escondendo o jogo, a esperança é a última que morre.

        OBRIGADO ao Fernando, pela menção da reportagem. Ao menos uma vez na vida eu ajudei o CAVOK 🙂

    • Soh pra botar fogo no post..

      Já imaginaram as 36 jacas hangaradas por muitos meses por falta de verbas.. rsrsrsrs

      Isso é Brazilllllllllllll zil, zil, zil..

  2. Nada que um contrato adicional com os israelenses referente a operação não resolva.

    Estou notando muita inveja interna na PF, o que não é novidade.

  3. Esse é o país que uma tal Carta Estatal se recusa a publicar. A PF esta sendo sucateada pelo governo, querem limitar a atuação da policia afim de inibir investigações contra os "cumpanheiros". Nunca antes na história desse país, a corrupção foi tão institucionalizada e o pior, querem acabar com a PF e limitar o poder de investigação do MP.

    • Não vá acreditar nesta choradeira da PF, é puro marketing para aumentar seus recursos, que já são altos.

    • PF sendo sucateada pelo governo? Querem acabar com a PF? Limitar o poder de investigação do MP? Tem certeza?

      Na boa, onde você se escondia antes de 2003?

  4. Que confusão!!!!Até onde sei é que esses vants estavam no chão até pouco tempo porque estava tendo uma briga de foices entre a pf e a fab.Acho que foi um erro enorme ter comprado esses vants para a pf, existiam outras prioridades para a pf, tava na cara que isso não ia dar certo por vários motivos.

    • Caro Galileu, você não ia querer ter um DeLorean. Aquele DMC 12 era um bagulho: o da ficção, notadamente falho ao acertar o destino certo para onde vai; e o de rua, tremendamente mal projetado e montado — sendo ambas as versões iguais a certas ações marqueteiras de um certo Governo Federal (ao querer operar uma ARP — Aeronave Remotamente Pilotada. Aliás, um oficial da FAB avisou, num programa de entrevistas, que os engenheiros da Força nessa área mudaram o nome do grande aeromodelo e não admitem referências à definição antiga)… Os produtores do filme deveriam ter ficado com a ideia original: uma geladeira. 😀

  5. Falta de planejamento operacional e orçamentário. Compram o "top" para deixar na garagem, quer dizer no hangar.

    []'s

  6. Hehehe. Olha o Brasil aí gente!!! Chora cavaco! Ziriguidum ziriguidum, este é o Brasil potência. Afinal temos a copa e as olimpíadas!
    Somos a sétima economia do mundo!!! Hahaha. Logo logo, ultrapassaremos os comedores de queijo e uzmalditú duz súditu da rainha.
    Aeeee tedescos e japas! Se cuidem, pois o reino-de-banânia-de-latrino-américa vai alcançar vocês também!
    ..
    Não têm jeito, este é o país da piada pronta.

  7. Eu sempre defendi o direito da PF possuir seus VANTs, aliás, continuo defendendo, mas igualmente eu sempre disse que esses VANTs são muita areia para o caminhãozinho da PF, o melhor a fazer seria uma inversão com a FAB que possui um modelo, eu diria, um pouco mais próximo das necessidades e capacidades de operação dos federais. Aliás eu acredito que possam existir pelo menos uns três tipos úteis aos federais, uns poucos mais ou menos do tamanho dos RQ-450, uns em maior quantidade do tamanho dos que está sendo desenvolvido pelo EB e que já existem produtores nacionais suficientes que podem atender em quantidade, e alguns iguais aos Camcopter para atuar em regiões urbanas ou densamente povoadas.

    Mas, definitivamente, estes da IAI são muita coisa para as necessidades e capacidades da PF. Posso estar equivocado, mas é o que eu penso, algum comentário?

    Até mais!!! 😉

  8. Esse aparelho não é para PF utilizar, isso é para força aérea. Se a PF quisesse trabalhar com esse tipo de inteligência, poderia ter adquirido outro modelo de vant menor e com baixo custo, tipo aqueles que é lançado com as mãos.

    Compraram uma ferrari e agora não tem dinheiro pro IPVA.

  9. "Informações extraoficiais dão conta que o equipamento está inoperante por uma série de motivos, um deles seria a falta de recursos para a compra de combustível e inexistência de estrutura para mantê-lo no ar, o que poderia envolver a manutenção…"

    Agora me contem uma novidade…

  10. Gastam milhoes em um VANT e o deixam apodrecer. Este pais eh uma piada. Nao podemos falar nada do Paraguai. E ainda temos alguns genios no Itamaraty sonhando com um assento permanente no CS da ONU.

    • Enquanto isso gastasse bilhões de reais com porcaria de estádio de futebol…

      E aí o cara liga a TV e vê um comercial do banco central…imagina quanto deve ter custado, mas o pior mesmo, é que é algo inócuo, sem utilidade, a não ser pagar algum amigo do rei…

  11. O problema é o cérebro atrofiado dos fabianos, atrapalhando o excelente trabalho da PF que quer trabalhar para o povo brasileiro; pura picuinha da FAB à custa da negligência na área de segurança nacional. Com certeza os narcotraficantes ianques baseados no Chaco agradecem. Não vejo nada de incompatibilidade na aplicação dos VANTs no controle das fronteiras nacionais pela PF, onde traficantes deitam e rolam e a "Força Aérea" não segura absolutamente nada!!!

    Como diz o Symon, não ficaria surpreso de ver os 36 Rafales "hangarados" pelos fabianos, pela tradicional mentira da "falta de verbas" operacionais. Tio Sam agradece aos colaboradores.

    • Al Carvalho,

      Excelente comentário, com muita propriedade, em poucas palavras bateu forte, firme e colocado, na môsca!!!

      Sds

  12. E ainda me aparecem gênios falando que se comprarmos rafales, o dinheiro para opera-los e futuramente fazer upgrades vai aparecer. Realmente, vai aparece, mas vai aparece é no bolso (ou cueca) de algum "cumpanhêro". Certa esta a FAB, em querer o que for mais em conta de adquirir e operar, pois ela sabe que até mesmo estes vai ser difícil manter. Pois com governinhos de merda como estes, não tem planejamento estratégico que de conta. A marinha que ponha as barbas de molho, pois vai acabar pagando mico parecido com os indianos, lançando o SEGUNDO submarino nuclear do mundo, SEM REATOR. O primeiro foi indiano mesmo. E ainda tem gente que acha India um exemplo a ser seguido no quesito aquisição de armamentos.

    • Assim como tem gente para "falar" o que tu falou… com "propriedade" tão profunda quanto um pires cheio…
      A India é um exemplo pq escolhe testando as armas, é pragmática e experimentada, e mesmo diversificando, mantém seus meios em dia e operacionais, não fica insistindo em modernizar vetores que estão descartados ou relegados ao que merecem, em praticamente todas as forças aéreas de respeito…

      • Realmente Sr. Francisco, não tenho a sua expertise técnica. Que é capaz de avaliar o RCS de uma aeronave só no olhometro (quando as empresas utilizam laboratórios de milhões de dólares para desenvolver este item), e é capaz de discorrer de forma professoral sobre o tvc de um missil e insistir que ele é capaz de manobrar na faze final (quando o combustível já virou fumaça há tempos). Tudo de uma profundidade abissal. Só por curiosidade, não é la que compraram um porta-aviões usado da Russia, e já pagaram praticamente por dois porta-aviões NOVOS (E AINDA NÃO RECEBERAM NENHUM)? Não é la que levaram décadas desenvolvendo seu submarino nuclear próprio, e quando o lançaram ao mar, o fizeram SEM UM REATOR? O primeiro submarino nuclear movido à remos. E hoje, se querem um sub nuclear, eles tem que alugar um da Russia? Não é lá que, depois de décadas de desenvolvimento (e quase um bilhão de dólares gasto), descobriram que sua turbina Kaveri mal e mal serve para um vant? A verdade, é que a grande diferença entre India e Banania, é que eles gastam muito, mas gastam tão mal (provavelmente pior) quanto nós. A India, apesar de suas compras, é uma piada em termos de aquisição de armamentos. Com uma logística de pesadelo, e com critérios de gastos no minimo questionáveis, vide a quantidade de escândalos em praticamente toda compra de armamentos indiana.

        • Olha, Vplemes, Não precisa se ter expertise para se ler e avaliar o que se lê… logo, pq a Boeing diz que seu velho F-18 tem RCS compatível com aviões menores, mesmo apresentando "linhas" de caça bombardeiro clássico dos anos 60/70 e pilones de grande arrasto comparado aos mais modernos aviões, leia-sa Rafale, Gripen e Typhoon, ou mesmo ao F-16, que eu vou acreditar… experimente usar a cabeça, de vez em quando, que verás algo tão simples… e então poderás conjecturar apoiado em indícios, que se tornam fatos… a cada dia se aprende mais… mas se ficar nesta turrice ideológica, acaba ficando, como já se percebe, pior que os que tu detrata…
          Carinha, não adianta se apoiar na paleta do BW, pois quem conhece um mínimo sobre mísseis, sabe que quando se fala em fase final, se fala de queima do combustível… se minha teoria sobre o mica, o míssil mais moderno de sua geração, lhe chocou e lhe causou um sentimento de baixa estima, não posso fazer nada, talvez tu aprenda alguma coisa… mas pelo que vejo, continua com a bagagem turrona dos tempos do "outro" blog…

          • Francisco,

            Sou um homem abertos ao aprendizado, pelo menos quando vem de alguém que tem a autoridade advinda do conhecimento, e não do achismo. Você fala de linhas dos anos 70, mas aparentemente se esquece (propositalmente) que seu tão idolatrado rafale, possui algumas soluções no minimo pouco atraentes do ponto de vista de solução stealth. Aquele estabilizador vertical que deve parecer mais um farol para um radar, sem contar naquela verruga horrenda, pregada na cara do rafale. Os estabilizadores do SH são inclinados, seu probe é interno, como de resto todos os outros caças modernos (MENOS O RAFALE). A Boeing é lider em soluções stealth, a dassault NUNCA produziu sequer um aeromodelo com esta tecnologia. Então, se me permite, experimente usar a cabeça antes de usar a boca (neste caso o teclado). Assim evitara postar um monte de baboseiras pseudo-técnicas. A única pessoa que parece ter baixa estima aqui meu caro, é você. Só isso explica esta sua fixação em tentar impor pontos de vista aos outros. Mesmo que para isto, tenha que partir para a desqualificação dos interlocutores, sempre que não tem argumentos técnicos válidos. Continue com suas falacias, tem um monte de gente que provavelmente vai acreditar nas suas baboseiras do tipo: "fase final, se fala de queima do combustível". Qualquer um, com o minimo de conhecimento, sabe que os misseis queimam todo o propelente para atingir uma altitude e velocidade "X", e que a faze final do mesmo é feita usando apenas a inercia. POR ISTO NÃO SE USA TVC NA FAZE FINAL. Quanto a bagagem turrona, acho que você deveria fazer uma autocritica. Verá que vai lhe fazer um bem imenso (sem contar nas outras pessoas).

            • NW, "antigo" Vplames,

              vamos esclarecer algumas coisas:

              1 – Ninguém neste mundo entrega aquilo que não foi encomendado, muito menos se este "opcional" é a cereja do bolo, dizer que um F-18 é furtivo só pq a Boeing, hoje, detém e vende tecnologias furtivas (sabia que o F-18 é projeto da NG, com base em um projeto de meados dos anos 60?) só se sustenta nos seus argumentos, estes mesmos que são usados para desqualificar tudo que não seja americano, sustentado em muito por "inverdades" e trolagens, então não se faça de rogado, de acéfalo, que isto tu não é… não fique nesta vidinha de que "vc é inteligente e eu sou burro", esta choradeira infantil, não se trata disso, trata-se apenas de ideologia besta que vc, entre outros aqui, insistem em manter ativa, depois de tanto tempo passado da cortina de ferro… entenda que nem tudo que americanos fazem é supra sumo! para ser supra sumo, um F-18 não deveria ter sido descartado pela USAF! este papo de que a USN é que "manda ver" é coisa de "Special Forces" entusiasts, pois todos sabem que quem "manda" numa guerra é a USAF e o USARMY…

              "A aeronave principal projeto data elementos para começo de 1965, a partir do projeto interno Northrop N-300. O N-300 era próprio derivado do F-5E"… este, se vc não sabe, era o YF-17, concebido pela NG, que depois passou para a mão da MD, que enfiou goela abaixo da cúpula da USN e aí nasceu o FA-18… 1965!

              2 – Encontre uma palavra minha dizendo que TVC funciona sem queima… quer construir uma "verdade" em cima de mentira, denovo? aquela dita tantas vezes, no caso combinada com outro teu amiguinho de ideologia, para que se torne verdade?… qual sentido de se falar fase final para um míssil se esta é só inércia/cinética? fase final de queima, isto sim é lógico e compreensível, assim se determina quantas fases de queima tem um míssil, que as vezes tem mais de um tipo de combustível/estado… mas isso tu sabe, quer jogar para a torcida ideológica do blog? sinta-se a vontade!

              3 – Escrever em caixa alta, tendo rompantes de destempero, não vai ajudar tua posição…

              4 – Pessoas? vc? fazer bem a você e teus compadres? sinto muito Vplm´s, sinta-se bem com sua ideologia deturpada, esta linha unilateral e totalitária (engraçado vc cobrar humildade de alguém…) não dá para ter 2 coisas, autenticidade/lógica e trolagem… se vc se sentem bem vivendo com a segunda, toda vez que ler o que escrevo, vai sentir um mal estar… sinto muito…

              • Francisco AMX,

                Primeiro, não precisa se fazer de esperto colocando meu antigo nick como se eu escondesse quem sou. Já há muito tempo falei aqui mesmo no blog qual era meu antigo nick, tanto é assim que você guardou muito bem.

                Segundo, nunca disse que o SH é furtivo, se você se desse ao trabalho de ler os posts antes de escrever bobagens, veria que simplesmente DESMONTEI as bobagens que você dizia sobre o RCS do mesmo em relação ao seu idolatrado rafale. Mas como bom trolador que você é, sempre distorce e "adapta" a verdade aos seus desígnios. A pessoa que mais utiliza super-trunfo e medições "olhometrais" para confirmar seus delírios de dono da verdade é você.

                Terceiro, seja honesto e não tergiverse. Sempre que não tem argumento válido vem com essa lenga-lenga de politico: "torcida ideológica do blog". O único que apela para a ideologia quando não tem mais argumentos aqui é você, e depois vem tentar se esconder sob o manto do bom moço.

                Quarto, será que vamos ter que desenhar para vossa senhoria o significado de "FASE FINAL"? Se para você conseguir torcer a verdade, considera fase final do voo de um missil, a queima do propelente do mesmo, tudo bem. Não da para discutir com alguém que acha que a verdade é aquela mentira que melhor lhe serve.

                Quinto, caixa alta só é gritar, quando é usada em todo o texto. Quando se utiliza apenas em determinados trechos, é convencionado que se esta DESTACANDO o mesmo. Sei que você sabe disso, mas já que se faz de desentendido apenas para bancar o nobre ofendido, deixo esta explicação para o nobre colega. Talvez agora possa dormir tranquilo, sem se sentir tão ofendido.

                Finalmente, você tem toda a razão. Deveria se espelhar nas próprias palavras e parar com estas trolagens. Deixar de lado este habito de bancar a policia politica do blog e tentar enquadrar os outros. Todo mundo que não concorda com você, automaticamente ganha a pecha de trol e ideologizado. Volto a recomendar uma dose de humildade, na realidade, melhor não. Alguém que possui um égo tão inflado, nunca admitiria a necessidade de tão boa prática.

                • Negativo, nunca vi tu expor teu nick "antigo"… te manjei pelo mesmo "estilo" de ser… a mesma cantilena ideológica…

                  Me diz, carinha, como alguém que defende um produto francês, acredita na qualidade dos equipamentos russos (custo benefício) e torce para que o F-16 já estivesse equipando a FAB, ou mesmo para o SH, que estaríamos muito bem servidos, pode ter algo ideologizado?! pode ser? sim pq este sou eu! minha ideologia não entra no campo político, principalmente com absolutismo… (tu é capaz de dizer que um Corvete é superior à um Porshe, só pq tem "mais" motor e é americano…) simples assim, e se vieres olhar nossas rusgas, verás, sistematicamente, que tu sempre levou na lata ao me provocar, pura e simplesmente por eu falar o que penso, que o SH e Gripen não são e nunca serão, aeronauticamente falando, do mesmo nível do Rafale, e isso, lhe incomoda, pois és um ideólogo um american boy de carteirinha, e tudo que ameace o poderio americano, lhe causa ojeriza…
                  Sim, caixa alta é "Gritar", como uma criança que se quer fazer ouvir!…. polícia política? rsrsrs esta é boa…
                  Vplemes (pq mudou de nick?… interessante… acho melhor mudar denovo, este já se queimou novamente…) ao contrário de vc, eu tenho amigos aqui, ao qual tenho imenso respeito, que são do "time adversário"… entre eles o HMS e o Nick, o RR também tem meu respeito pela polidez, assim como faz o Nick, estes eu dificilmente concordo quando o assunto é Rafle vs Gripen vs SH…, tem vários outros aqui que eu respeito também, que são do "outro lad"o… e tu, pode dizer o mesmo? vai ser cínico também?
                  cara, vai falar em "ego inflado"… "humildade"?… por favor D~e-se ao respeito próprio… fica chato, fico com vergonha alheia… eu, pelo menos não cobro humildade de ninguém… e tento resolver minhas peleias sem me apoiar em opiniões de outros "colegas"…

                • bom, então você diz que o “SH e Gripen não são e nunca serão, aeronauticamente falando, do mesmo nível do Rafale´´ e se alguém discorda de sua opinião e apresenta fatos e dados técnicos conclusivos ele vira american boy? que criancice, eu gosto de debates técnicos porque ambos apresemos, mas aí, quando tu ve que está errado parte pras ofensas, e isso não é legal, quanto ao rafale ser superior ao gripen e SH, em um dogfight o gripen tem grande agilidade, quem vai vencer vai depender do pilotos, na arena BVR o gripen é inferior, contra o SH, são bem parecidos, no BVR o SH leva leve vantagem pelo radar misseis, e em WVR o SH pode ser menos manobrável(ele não é um tijolo voador como alguns pensam) mas ele possui JHMCS e AIM-9X, o rafale tem o MICA para curtas distancias mas não tem HMD, então quem vai vencer, vai depender de muitas coisas, mas não há tanta diferença pois são aeronaves da mesma geração com capacidade parecidas, pare de tentar colocar o rafale numa categoria acima do que ele pertence

              • ninguém disse que o SH é furtivo, longe disso, ele e ambos os eurocarnads estão muito longe disso

          • o SH é muito mais que um velho hornet, ele recebeu mudanças em sua estrutura para redução do seu RCS, o RCS do F18 A,B,C,D já não era tao grande, o RCS foi reduzido para menos de 1m², mesmo dos delta carnads europeus, incluindo o rafale, se você não acredita, fazer o que, é só pesquisar um pouco que você acha esses dados, sobre o arrasto, não tem nem o que comentar, você provavelmente viu os pilones apenas por fotos, não tocou ou testou eles, então não há o que falar, e tamanho não tem muito a ver com RCS, olha só o tamanho do raptor e olhe seu RCS, sobre o TVC do MICA, apenas admita seu erro e siga em frente francisco, vou te mostrar uma coisa: http://sistemadearmas.sites.uol.com.br/aam/aammic

            “O TVC é desnecessário para combate a longa distância, diminuindo o alcance em até 15%, que já é curto para essa função. Em um combate à longa distância, o motor já está apagado quando o míssil está na fase final e não produz mais empuxo para ser usado pelo TVC, que se torna inútil. Por isso, o MICA tem estruturas aerodinâmicas para manter a manobrabilidade na fase final.´´

            leia tudo e talvez, só talvez aprenda alguma coisa…

  13. Esta ação se resume na seguinte frase:

    Comprar não siguinfica operar…….

    grande abraço

  14. Francisco, não pretendo ficar batendo boca o resto da noite com você. Mudo meu nick se e quando quiser, não preciso de sua permissão para tal. Se o fiz, foi por motivos meus, que não lhe interessam, visto não lhe dever qualquer satisfação. Eu ia lhe dizer para ter a hombridade de admitir a verdade sobre meu nick, mas não vou me rebaixar a tanto. Quanto às nossas rusgas, não tenho muito a dizer sobre elas, visto que você sistematicamente, quando não tergiversa, parte para a agressão tentando camuflar as abobrinhas que tenta fazer parecer conhecimento. Ao contrário de você, não rasgo a roupa e torço a verdade apenas para tentar provar que caça "a" é melhor do que o "B". Como não ganho nada em ficar trocando ofensas com gente de seu naipe, e como ninguém aqui é obrigado a presenciar este tipo de baixaria. Como sei que não tem a hombridade de discutir um assunto sem partir para a agressão, de minha parte passarei a ignorar sua pessoa.

    • "baixaria"? hum penso que nem eu nem vc nos rebaixamos, mas chorar é livre… aliás, no teu "naipe", que inclui mais uns por aí, é comum… depois fala em perder argumentos… tá bom NW ou VP… só mascarado fica se fazendo passar por outro…

  15. Fato: A outrora, organizada, bem remunerada e com pessoal do mais alto gabarito, a PF, foi transofrmada em aparelho politico pelo atual governador do RS, um radical notório, ou seja, agora com nuances de "Stasi" ela deixa de cumprir seu papel constitucional e transforma-se em braço politico do partido.
    Off topic: A ABIN vai pelo mesmo caminho, pois o caso do Paraguai, toda a diplomacia do "Itamravilha" foi pega de surpresa com o processo de Impeachment do Presidente Paraguaio.

    Brasil, um país de tolos……..

    Grande abraço

Comments are closed.