O presidente venezuelano Nicolas Maduro inaugurou um simulador da aeronave Su-30?K2, entregue e montada pela Companhia Sukhoi, sob o contrato previamente assinado entre Rosoboronexport e a CAVIM (Companhia Venezuelana de Indústrias Militares).

A cerimônia de abertura do simulador na cidade de Barcelona contou com a presença do ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino Lopez, e representantes da Cooperação Técnico-Militar do Serviço Federal da Rússia, informou um comunicado da Rosoboronexport.

O simulador é um meio de treinamento técnico moderno construído na Rússia. O pessoal venezuelano passou por todo o treinamento necessário nas regras de operação dos equipamentos e dispositivos. Os caças Su-30?K2 entregues da Rússia são o núcleo da força aérea da Venezuela e garantem a segurança do espaço aéreo do país.

O simulador da aeronave Su-30?K2 permite que um piloto domine durante o treinamento as suas habilidades principais na pilotagem de aeronaves e adquira a experiência necessária para um combate efetivo em condições próximas à realidade, simulando várias situações fora do padrão, que podem ocorrer em voo.

A Venezuela é o maior parceiro militar da Rússia na América do Sul.

Desde 2005, a Venezuela é o maior parceiro da Rússia na América Latina no campo da cooperação militar e técnica.

Ao longo desses anos, a Rosoboronexport forneceu um número significativo de armas e equipamentos militares russos, incluindo os caças multifuncionais Su-30?K2, helicópteros de combate e transporte do tipo Mi, tanques e veículos de combate de infantaria, armamentos e rifles de assalto de defesa Kalashnikov.

Anúncios

4 COMENTÁRIOS