O Douglas C-47B Dakota “Blue Bonnet Belle”.

Ontem (21/07), após a decolagem do Aeroporto Municipal de Burnet (TX), a aeronave Douglas C-47B Dakota “Blue Bonnet Belle” caiu e ficou completamente destruída pelo fogo que consumiu toda aeronave. A aeronave que pertencia a Commemorative Air Force (CAF) seguia para Oshkosh (WI), onde participaria do AirVenture 2018. Todas 13 pessoas a bordo, incluindo os tripulantes, conseguiram sair da aeronave.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra a sequência de decolagem, às 9h08 hora local, e o acidente do C-47B-20-DK Dakota, prefixo N47HL (S/N 43-49942 / CN 27203). O C-47B prateado acelerou normalmente na pista 19 do aeroporto Kate Craddock Field (KBMQ), mas roda da bequilha acabou tocando novamente na pista, e em seguida inclinou para direita. O piloto conseguiu corrigir a inclinação, já totalmente em voo, mas de repente a asa esquerda bate no solo, com o avião então derrapando e parando.

Logo depois a aeronave começou a pegar fogo. Todos que estavam a bordo sobreviveram, mas cinco tiveram ferimentos leves. Um passageiro  teve queimaduras severas e foi levado de helicóptero para o San Antonio Military Medical Center. Os outros foram levados para o Seton Highland Lakes Hospital, em Burnet.

O C-47B pertenceu à Ala do Dia D da CAF e ficava baseado em KMBQ. O “Belle” estava saindo de KMBQ com destino ao EAA AirVenture no Wittman Field (KOSH) em Oshkosh. Durante o final de agosto e início de setembro do ano passado, a Blue Bonnet Belle e sua equipe se uniram aos esforços de socorro do furacão Harvey, entregando alimentos, água e suprimentos para áreas do sudeste do Texas devastadas pela tempestade. O Belle participaria de Daks Over Normandy junto com 30 ou mais outros C-47 celebrando o 75º aniversário da invasão do Dia D no próximo ano.

Construído pela Douglas Aircraft Company na fábrica de Oklahoma City, a variante C-47B do venerável Dakota / Skytrain era uma das 3.364 construídas. Eles foram equipados com motores Pratt & Whitney R-1830-90 equipados com superchargers de duas velocidades para melhor desempenho de altitude em lugares como o teatro China-Burma-India (CBI). O “43-49942” entrou em serviço com a Força Aérea Real (RAF) em 1943 como Dakota Mk IV KN-270. O KN-270 voou quase 100 missões com a RAF.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Otimo que todos sairam vivos desse acidente… e pena que essa aeronave tao linda se perdeu. A uns dias atras Convair 340 que partia da Africa do Sul para um museu britanico caiu na decolagem.

  2. trágico,sempre que algo assim se perde ,vai junto um pouco da história.

Comments are closed.