Voo do bombardeiro russo Tu-22M3M.

O Ministério da Defesa da Rússia conduziu novos voos de teste do renovado bombardeiro Tu-22M3M, e a aeronave demonstrou todas as suas características técnicas. O vídeo do voo de teste foi publicado pela TV Zvezda.

O renovado modelo do bombardeiro Tu-22M3M da Rússia realizou seu voo inaugural no dia 28 de dezembro de 2018. Ele possui controles modernos e telas no conceito glass no cockpit, além de novos motores e avançados sistemas de navegação, contramedidas e de guerra eletrônica, bem como a capacidade de usar armas de precisão ar-superfície, sendo a principal novidade a possibilidade do Tu-22M3M usar o míssil de cruzeiro Kh-32.

O vídeo mostra a decolagem, o processo de voo e o pouso da aeronave. Deve-se notar que os testes do bombardeiro ocorreram em diferentes condições climáticas, diferentes altitudes e velocidades.

A versão modernizada foi criada com base no Tu-22M3, um bombardeiro estratégico de longo alcance, projetado para destruir alvos terrestres e marítimos de alta, média e baixa altitude. A primeira versão do Tu-22M3 foi colocada em serviço em 1989. É o bombardeiro de longo alcance mais produzido em massa. No total, 268 aeronaves Tu-22M3 foram fabricadas.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. 286 Backfires, se um bom número for modernizado e colocado em condições de voo, é um trunfo para os Russos. Em comparação com os B-1B dos EUA.

Comments are closed.