Dois bombardeiros russos de longo alcance Tupolev Tu-22M3 “Backfire” realizaram um voo planejado no espaço aéreo acima das águas neutras do Mar Negro, mas próximo da costa ucraniana e de península da Crimeia.

Durante o voo, as tripulações de bombardeiros de longo alcance superaram um voo de cerca de 4,5 mil quilômetros e ficaram no ar por mais de 5 horas.

Pilotos de aviação de longo alcance voam regularmente sobre as águas neutras do Ártico, Atlântico Norte e Negro, além do Mar Cáspio e do Oceano Pacífico.

Todos os voos dos aviões das Forças Aeroespaciais da Rússia são realizados em estrita conformidade com as Regras Internacionais para o Uso do Espaço Aéreo.

3 COMENTÁRIOS

  1. Podem falar o que for dos Russos, mas uma coisa é fato.. é uma das forças aéreas que mais voam na atualidade.

    • Acho que os EUA e Rússia estão a milhares de horas a frente das outras forças aéreas …

  2. pelos menos o comando aviação russa avisou o controle trafego aéreo dos vizinhos. os raids contra a Europa ocidental vindo de são Peterburg não avisam.

Comments are closed.