O P-8 Poseidon sendo acompanhado por um Su-27 russo, no dia 3 de julho.

Um caça Sukhoi Su-27 foi enviado para interceptar uma aeronave de reconhecimento Boeing P-8 Poseidon da Marinha dos EUA que voava próximo da fronteira sul da Rússia, perto das fronteiras da península da Crimeia, informou o Ministério da Defesa da Rússia em um comunicado nesta sexta-feira (05/07).

Os sistemas de defesa aérea russos detectaram que o avião de patrulha da Marinha americana sobrevoava águas neutras paralelas à fronteira russa e enviaram um jato Sukhoi Su-27 para interceptá-lo.

“Um avião de caça Su-27 da Força Aérea Russa em serviço com o Distrito Militar do Sul foi acionado para interceptar um alvo”, disse o ministério.

De acordo com o ministério, “a tripulação russa do Su-27 se aproximou a uma distância segura, identificou a aeronave como uma aeronave de reconhecimento americana P-8A Poseidon que imediatamente mudou a direção do voo da fronteira com a Federação Russa”.

De acordo com o site PlaneRadar, o Boeing P-8A Poseidon da Marinha dos Estados Unidos, com o número 169328, estava realizando uma missão de reconhecimento na área especificada no dia 3 de julho.

Em meados de junho, os jatos Su-27 Flanker russos foram enviados para interceptar bombardeiros estratégicos dos Estados Unidos, que se aproximavam da fronteira russa do Mar Negro e do Mar Báltico, segundo a TASS.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Toma la da cá padrão. parabéns ao piloto Russo pelo profissionalismo.

Comments are closed.