A aeronave Stratolaunch saiu pela primeira vez do hangar, e em breve será a maior aeronave do mundo em envergadura a voar, passando a marca do hidroavião Hughes H-4 Spruce Goose. (Foto: Stratolaunch)

Hoje a aeronave Stratolaunch alcançou um marco importante na sua jornada para proporcionar acesso conveniente, confiável e rotineiro à baixa órbita terrestre. A enorme aeronave Stratolaunch foi rebocada para fora do hangar, pela primeira vez, para realizar testes de abastecimento. Isso marcou a conclusão da fase inicial de construção da aeronave e o início da fase de teste do avião no solo.

Ao longo das últimas semanas, toda a infra-estrutura de fabricação foi removida, incluindo os andaimes de três andares em torno da aeronave, e o peso total da aeronave foi apoiado nas suas 28 rodas pela primeira vez. Este foi um passo crucial na preparação da aeronave para os testes no solo, acionamento dos motores, testes de táxi e, finalmente, o primeiro voo.

Ao colocar todo peso sobre as rodas, foi possível pesar a aeronave Stratolaunch pela primeira vez, que atingiu a marca de 227 toneladas. Vale a pena mencionar que o Stratolaunch é o maior avião do mundo por envergadura, medindo 117,3 metros. Em comparação, um campo de futebol tem cerca de 103 metros. A aeronave tem um comprimento de 72,54 metros e tem 15,24 metros de altura, do chão até o topo da cauda vertical.

“Isso marca um passo histórico em nosso trabalho para alcançar a visão de Paul G. Allen de regularizar o acesso à baixa órbita terrestre. É um dia orgulhoso para nós na Stratolaunch, para os nossos parceiros da Scaled Composites, e para o nosso fundador, Paul Allen”, disse Jean Floyd, CEO da Stratolaunch Systems Corporation. “Temos muita atividade excitante à medida que entramos no processo de teste e esperamos compartilhar nosso progresso nos próximos meses”.

A aeronave Stratolaunch é projetada para ter um peso máximo de decolagem de 590 toneladas, o que significa que será capaz de transportar cargas úteis de até aproximadamente 250 toneladas. Conforme anunciado no outono passado, inicialmente será lançado um único veículo Orbital ATK Pegasus XL, mas terá uma capacidade futura de lançar até três veículos Pegasus em uma única missão de saída. Os preparativos para a entrega do veículo de lançamento nas instalações em Mojave já foram iniciados, e a equipe agora está explorando ativamente um amplo espectro de veículos de lançamento que permitirá oferecer mais flexibilidade aos clientes.

Nas próximas semanas e meses, a equipe de engenheiros conduzirá ativamente os testes no solo e de voo no Mojave Air and Space Port. O Stratolaunch está dentro do cronograma para realizar a primeira demonstração de lançamento em 2019.

Dica do amigo e colaborador Bernardo Malfitano, direto de Seattle, EUA.

9 COMENTÁRIOS

  1. Repito: um bom palavrão descreveria bem as imagens! C…! agora… fiquei pensando na torção monstra que vai rolar naquele vão do tandem ali…

  2. que estrovenga, a quantas andas o skylon em, aquilo sim revolucionará o alcance ao espaço

  3. não se pode dizer que é uma aeronave bonita, pelo menos na minha opinião

  4. Não tem jeito, quando eu o vejo me lembro logo de 2 aeronaves : o P/F-82 Twin Mustang e o He 111Z Zwilling.

Comments are closed.