Aeronave regional Embraer E190 após pouso de emergência em Myanmar.

Um piloto no comando de uma aeronave Embraer E190 da companhia Myanmar National Airlines fez um pouso de emergência na manhã deste domingo (noite de sábado em Brasília) no Aeroporto Internacional de Mandalay, após uma pane no trem de pouso. Todas 89 pessoas a bordo conseguiram deixar a aeronave em segurança e passam bem.

Um vídeo nas redes sociais mostra que a aeronave (prefixo XY-AGQ e número de série 19000231) realiza a aproximação e em seguida pousa sem usar o trem de pouso do nariz. Além de faíscas e fumaça causada pelo atrito, não pegou fogo. Bombeiros foram acionados e jogaram produtos de combate a incêndio nos motores da aeronave como precaução.

A aeronave operava o voo UB103 na rota Rangoon-Mandalay. O piloto realizou duas passagens sobre o aeroporto para checar com a torre de controle se o trem de pouso do nariz estava baixado, pois ele havia tentado várias vezes baixar o trem de pouso, inclusive manualmente.

Uma investigação foi aberta para determinar as causas da pane com a aeronave que está em serviço desde 2008, servindo com a SkyAirWorld e a Republic Airways antes de ingressar na frota da Myanmar National Airlines em 2012.

A Embraer divulgou uma nota oficial por e-mail sobre o acidente:

“A Embraer foi informada hoje da ocorrência com uma aeronave Embraer E190 que operava o voo UB 103 da Myanmar National Airlines, no aeroporto de Mandalay, em Mianmar. Todos os passageiros e tripulantes deixaram a aeronave em segurança.

A Embraer está oferecendo sua total cooperação às autoridades de aviação para auxiliar na investigação.”

Este foi o segundo incidente envolvendo voos comerciais em Mianmar em cinco dias. Na última quarta-feira, um avião da Biman Bangladesh Airlines realizou uma aterrissagem de emergência no aeroporto de Yangun. O aparelho saiu da pista, ferindo 11 passageiros.

SEM COMENTÁRIOS