A nave espacial Endeavour partiu para sua última missão na manhã dessa segunda-feira, do Cabo Canaveral, na Florida. (Foto: NASA)

Foi lançado com sucesso na manhã desta segunda-feira (16) de Cabo Canaveral, na Flórida, o ônibus espacial Endeavour para a última missão no espaço. Veja a seguir o vídeo do lançamento.


A espaçonave partiu às 09h56, horário de Brasília, e levou ao espaço seis pessoas. A missão STS-134 é liderada pelo comandante Mark Kelly. Também fazem parte do grupo o piloto Gregory Johnson e os especialistas de missão Michael Fincke, Greg Chamitoff, Greg Chamitoff e Roberto Vittori, da Esa, agência espacial europeia.

A tripulação fará diversos experimentos científicos, e levará um detector para o estudo da física das partículas nos raios cósmicos.

Além disso, os astronautas preencherão os radiadores com amoníaco e instalarão ganchos e plataformas de suporte no braço robótico da nave, entre outras operações.

Durante os 16 dias da missão, também serão realizadas quatro excursões de trabalhos exteriores, que serão as últimas “caminhadas espaciais” programadas para astronautas das naves.

O Endeavour não pôde levantar voo na primeira data prevista – 29 de abril – devido a um problema com dois aquecedores da unidade de potência auxiliar.

Posteriormente, no dia 2 maio, data anunciada pela Nasa, agência espacial americana, para a nova decolagem, foi adiada outra vez por problemas técnicos.

Essa é a missão número 25 e a última do Endeavour, que até o momento completou 4.429 órbitas e esteve no espaço por mais de 280 dias.

A “aposentadoria” completa da atual frota de ônibus espaciais da Nasa acontece em junho, quando deve ser lançada a nave Atlantis.

 

Anúncios

7 COMENTÁRIOS

  1. A era dos Onibus Espaciais está chegando ao fim. Com altos e baixos, alegria de ver eles decolando e o choque de ver o Chalenger explodir na decolagem. Agora é aguardar a nova geração tomar um lugar, visto que não acontecerá de imediato.

    []'s

  2. E quando teremos o Endeavour BR-M? tai podiam comprar e modernizar.. rsrsrs

  3. acho q sem o brasil fizesse eng. reversa nessa shuttle, demorariamos uns 40 anos mesmo pra produzir um ahah

    Só lembrando que a tecnologia dos shuttles são ultrapassadas da decada de 60.

    • A Tecnologia do Ônibus Espacial(ou com o seu nome correto, Veículo Orbitador – OV na língua de Shakespeare) é do finals dos Anos 70 do Século XX e os OV´s sempre foram modernizados, sofrendo constantes atualizações, ao contrário das Soyuz que deixaram de ser analógicas só recentemente…

      Acho uma lástima a não continuidade de naves desta linha e um retrocesso na tecnologia norte-americana no uso de cápsulas espaciais, ao melhor estilo Apollo…aqueles, que nunca "lutaram"… que decidiram por tal caminho com a desculpa dos custos, condenaram o Futuro da Exploração Espacial americana…

      • ola amigo giordani, discordo d vc.

        primeiro, a soyuz.

        a russia andou durante os anos 80-90 ficou presa no seu buran, seu proprio onibus espacial, e também, no seu novo foguete, o energia.

        so como curiosidade, o buran fez seu primeiro e ultimo voo, remotamente, sendo o primeiro veiculo humano a fazer uma volta em volta da terra, e depois pousar como um aviao — primeiro e unico.

        portanto, depois do colpso da uniao sovietica, os russos ficaram sem dinheiro pra nada — dai o fim do buran — e portanto é claro q dmorariam para revitalizar a caspula espacial mais utilizada pelo homem.

        o seu atual modelo — a Soyuz TMA — em breve, s o dinheiro nao ficar curto, rs, terá um modelo que comporte 6 cosmonautas…mas nao espere muito. eles planejavam o kliper, uma especie de soyuz com capacidade de voltar a terra como um onibus espacial — procure na net, a ideia é simples e genial — mas o dinheiro mais uma vez, atravancou o negocio.

        os onibus espaciais bom amigo, voltando ao assunto, so serve para voos orbitais e sub-orbitais. caso os usa planeja-se ir a lua, ou a marte, teriam msm era q, ou reprojetar totalmente eles — de uma maneira q ninguem nunca fez — ou fazer uma outra capsula — coisa q capsula soyus foi projetada.

        e nao, nao veja como retrocesso.

        os usa serao forçados com isto, a fazer capsulas com maior capacidade de astronautas, foguetes de maior porte — porq, apesar do OE ter praticamente, levado a ISS para o espaço, artefatos maiores q o hublle ainda hj sao impensaveis com a tecno atual.

        eu tbm pensava a msm coisa, retrocesso e tals. mas s vc ver, a capsula apollo de perto, e principalmente, o foguete saturn-V, genialidade de um alemao chamado von brown, como motores reutilizaveis e tudo, perceberá q com a capacidade das capsulas melhoradas, e com o msm aumentando a capacidade de carga, projetos como o kliper, d capsulas reutilizaveis, na verdade o OE q foi um passo a ISS, foi oq parou a humanidade de ir a outros planetas. — alem é claro, da politica…

        Abraços!

Comments are closed.