Jato de pesquisa WB-57 após sair da pista em Ellington Field, no dia 5 de março de 2019.

Um jato WB-57 da NASA abortou sua decolagem do aeródromo de Ellington Field na terça-feira (05/03) e acabou saindo da pista.

De acordo com oficiais do Sistema Aeroportuário de Houston, a aeronave teve danos ao sair no final da pista, mas ninguém ficou ferido.

Havia dois tripulantes a bordo, ambos saíram em segurança e não ficaram feridos, disse Kelly O. Humphries, Chefe de Imprensa do Johnson Space Center da NASA.

“A aeronave foi desligada e transferida para o hangar para examinar possíveis danos”, segundo Humphries.

De acordo com o Eyewitness News da emissora ABC13, a aeronave de pesquisa estava na corrida de decolagem, por volta do meio-dia, quando perdeu o controle do trem de pouso do nariz e acabou saindo para a grama.

As testemunhas prestaram assistência a um funcionário da NASA, que afirmou estar trabalhando em um incidente no aeroporto localizado no sudeste de Houston. 

A NASA usa o jato altamente modificado Martin WB-57F principalmente para trabalhos científicos. A aeronave com dois assentos é usada para transportar cargas de pesquisa para altitudes de 19.000 metros, em velocidades de aproximadamente 470 milhas por hora.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Rapaz, um Camberra! achei que já haviam aposentados esse WB-57. legal ver a evolução do modelo em relação ao os British Eletric Camberra originais

  2. Só lembrando que sua origem é o jato inglês Canberra que voou pela 1ª vez em 1949!

Comments are closed.