O jato executivo leve Pilatus PC-24 durante operações de pouso e decolagem em pistas não pavimentadas. (Foto: Pilatus Aircraft)

O Pilatus PC-24 fez seu primeiro pouso em uma pista não pavimentada. O Super Versatile Jet está atualmente passando por um programa de testes pós-certificação com ênfase especial nas operações em pistas não pavimentadas. A Pilatus planeja obter a certificação “Rough Field” no quarto trimestre de 2018.

O Aeródromo Woodbridge, a nordeste de Londres, oferece ótimas condições de teste, e a Pilatus passou duas semanas lá testando as capacidades de pouso e decolagem do PC-24 na pista não pavimentada do aeródromo pela primeira vez.

Desde o início, o PC-24 foi projetado para operações “off road”. Seu excelente desempenho em pistas curtas e não pavimentadas abre um incrível grau de flexibilidade e novas oportunidades. O PC-24 fornece acesso a quase o dobro de aeroportos em todo o mundo em comparação com outros jatos atualmente disponíveis no mercado.

Oscar J. Schwenk, presidente da Pilatus, está encantado: “Que foto – o PC-24 nas condições mais difíceis, usando uma pista não pavimentada pela primeira vez! Esse tipo de missão não seria concebível sem o trem de pouso robusto do PC-24, os sistemas de flap inteligentes e o design especial da asa. O PC-24 foi projetado exatamente com esse tipo de operação em mente – isso é a engenharia suíça no seu melhor.”

A Pilatus obteve a certificação básica para o PC-24 no dia 7 de dezembro de 2017. Desde essa data, cinco aeronaves foram entregues a clientes na Europa e nos EUA. Um total de 23 PC-24s estão programados para entrega em 2018. O Royal Flying Doctor Service da Austrália (RFDS) usará o PC-24 para missões medevac na Austrália a partir de 2019, o que obviamente envolverá pouso e decolagem de curta distância em pistas de decolagem não pavimentada. A carteira de encomendas do PC-24 está fechada por enquanto. A Pilatus planeja aceitar novos pedidos em 2019.

2 COMENTÁRIOS