O LM-100J no topo do looping realizado no Farnborough Air Show 2018.

Durante o Farnborough Air Show realizado esta semana, no Reino Unido, a Lockheed Martin demonstrou em voo a aeronave de transporte LM-100J Hercules, a versão civil do C-130. Mas o que realmente impressionou foram as manobras em voo do cargueiro, que no dia 17 de julho de 2018, durante sua demonstração, realizou um looping completo.

O piloto nos comandos era Wayne Roberts, piloto chefe de testes da Lockheed Martin, que está se aposentando, mas deixou sua marca na história da companhia, mostrando as incríveis qualidades de voo da aeronave LM-100J (em 1:40 a aeronave inicia o looping).

“Embora o LM-100J seja conhecido por suas capacidades de entrega de carga, a aeronave foi citada em toda a indústria como a plataforma perfeita para requisitos especializados, como combate a incêndios, medevac, pulverização aérea e apoio humanitário”, diz George Shultz, vice-presidente. e gerente geral, mobilidade aérea e missões marítimas na Lockheed.

No vídeo abaixo, Wayne Roberts explica como foi a preparação para a demonstração em Farnborough, e também diz que deve se aposentar logo após o show aéreo. O piloto participa das demonstrações com as aeronaves C-130 e suas variantes desde 1998, e após 20 anos disse que chegou o momento de passar o bastão para outro piloto.

Os ensaios em voo com a aeronave antes do show aéreo duraram apenas dois dias, com outro período similar anteriormente nos simuladores de voo. Segundo Roberts, a manobra exige a capacidade máxima do LM-100J, mas é perfeitamente segura.

O jornalista Stephen Trimble da Flightglobal divulgou nas redes sociais o plano de voo da demonstração do LM-100J em Farnborough, e é impressionante ver as manobras, que parecem ser as mesmas executadas por uma aeronave de caça.

O LM-100J é a 17ª capacidade de missão diferente desenvolvida para o C-130J Super Hercules e é uma versão atualizada do avião de carga L-100, que a Lockheed Martin produziu entre 1964-1992.

A primeira versão desta aeronave comercial, a L-100, apareceu pela primeira vez em Farnborough em 1970.

O piloto Wayne Roberts posa junto ao LM-100J da Lockheed Martin.

Durante a feira no Reino Unido, a Lockheed Martin também revelou a mais nova versão que está sendo comercializada, o LM-100J FireHerc, focado no combate aéreo a incêndios.

Agora com esta manobra realizada, quem sabe os Blue Angels no futuro não coloquem a aeronave C-130J que devem adquirir da RAF para realizar manobras similares. Lembrando que o Fat Albert, que voltou a voar na semana passada, deverá então ser substituído pela versão mais recente “J”, com os mesmos motores do LM-100J.

10 COMENTÁRIOS