Pátio de aeronaves na fábrica da Boeing em Renton.

Embora a Boeing tenha suspendido as entregas do 737 MAX, a produção da aeronave continua na fábrica da fabricante Renton. Um vídeo recente mostra os aviões estacionados no local de armazenamento.

Não há muito espaço para estacionar os novos 737 MAXs na Renton. A Boeing começou a voar com 737 MAXs para outro local em San Antonio, Texas. O jornalista do K5 News, Ted Land, capturou o vídeo a seguir de um helicóptero sobre Renton no dia 24 de maio. O vídeo mostra apenas uma parte de todos os 737 MAXs estacionados.

Os voos de translados estão isentos da proibição de voo atual.

A Boeing está atualmente construindo 42 jatos de 737 MAX por mês, o que significa que uma ou mais aeronaves estão saindo da linha de montagem por dia. Esse número era 52 antes dos 737 MAX terem sido aterrados após o segundo acidente mortal na Etiópia.

Ainda não está claro quando a aeronave retornará ao serviço e as entregas serão retomadas. No início desta semana, um funcionário da Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) disse que o processo de aprovação do software anti-estol atualizado da aeronave poderia ser transferido para outubro ou além.

A Boeing terá, portanto, que encontrar novos locais de armazenamento para dezenas e possivelmente até centenas de novos 737 MAX nos próximos meses.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Chama os engenheiros da Embraer que resolvem o problema. Seria a solução?

    • Não duvidando da capacidade dos nossos engenheiros da EMBRAER, mas na minha opinião, seria bem melhor deixá-los longe desse atoleiro. O(s) problema(s) desse modelo parece(m) ser de projeto. Se isso for confirmado, é bom nem estar por lá, pois alguém ou alguns vão levar a culpa.

Comments are closed.