Primeiro Mi-38T na versão militar, realizou seu primeiro voo. (Foto: Russian Helicopters)

Pilotos de teste da fábrica de helicópteros Mil Moscou, parte da holding Russian Helicopters (parte da Rostec State Corporation), no âmbito do programa preliminar de testes, realizaram o primeiro voo do helicóptero Mi-38T na versão militar, fabricado pela Usina de Helicópteros Kazan, por ordem do Ministério da Defesa russo.

No futuro, durante os testes conjuntos de voo, os sistemas e equipamentos do helicóptero Mi-38T serão verificados quanto à conformidade com os requisitos das especificações técnicas do Ministério da Defesa da Rússia.

“A aparição do primeiro modelo militar do Mi-38T é certamente um evento importante tanto para a holding como para o Ministério da Defesa, que no próximo ano terá que iniciar a operação de helicópteros desse tipo. Conseguimos criar uma máquina com excelente desempenho de voo, sem análogos na história da indústria de helicópteros russos, e em um futuro próximo, esperamos o início de testes de voo conjuntos, que resultarão em novas aquisições de helicópteros Mi-38T para as necessidades da VKS no âmbito do programa estadual de armamentos 2018-2025”, disse o diretor geral da Russian Helicopters, Andrei Boginsky.

“O primeiro voo bem sucedido do Mi-38T foi de inegável sucesso da Russian Helicopters. É uma máquina única, inteiramente concebida com base em componentes nacionais modificados da versão de transporte civil do Mi-38T, que tem um grande potencial em termos de aumentar a sua funcionalidade e capacidades dos diferentes versões especializadas que podem ser criados a partir da versão básica … incluindo um helicóptero para as condições operacionais do Ártico”, disse Anatoly Serdyukov, diretor industrial do grupo de aviação Rostec.

O Mi-38T foi criado com base em um helicóptero civil certificado Mi-38, com retrofitting para resolver tarefas de transporte militar. O helicóptero prevê a possibilidade de conversão entre versões e a instalação de tanques de combustível adicionais para aumentar o alcance do voo

“O Mi-38 vai ocupar um nicho exigido, porque a necessidade de uma tal máquina tem uma longa experiência de serviços na indústria de petróleo e gás, bem como em uma série de indústrias civis. As primeiras entregas de veículos deste tipo para as tropas começará em 2019,” disse o ministro da Indústria e Comércio da Federação Russa, Denis Manturov. Segundo ele, o Ministério da Indústria e Comércio da Rússia vai considerar a possibilidade de desenvolver medidas de apoio do Estado para o fornecimento dos helicópteros. “Além disso, levando em conta o alto potencial de exportação do Mi-38 e o interesse de clientes estrangeiros em tais helicópteros, é possível que continue sua promoção fora da Federação Russa”, enfatizou o ministro russo da Indústria e Comércio.

Além disso, Denis Manturov observou que o Mi-38T possui um alto grau de automação: “O sistema de navegação de voo permite que você voe automaticamente ao longo de uma determinada rota e abordagem, estabilizando a posição em qualquer modo de voo e pairando automaticamente.”

O Mi-38 está equipado com novos motores TV7-117V de alto desempenho, um sistema de navegação de voo digital integrado com indicação de dados em cinco monitores LCD, um sistema de combustível protegido contra explosões. Além disso, o helicóptero estava equipado com suportes adicionais no trem de pouso para pouso em solo macio e neve. O complexo integrado de equipamentos de bordo IBKO-38 fornece à tripulação informações completas e de alta qualidade, garantindo um alto nível de segurança de voo. Na cabine do helicóptero, as cadeiras são facilmente removíveis.

As áreas de uso dos helicópteros Mi-38 são o transporte de cargas e passageiros, operações de busca e salvamento, transporte VIP. Tudo isso em uma ampla gama de condições climáticas, incluindo climas marítimos, tropicais e frios.


Colaborou Rustam Bogaudinov, direto de Moscou.

Anúncios

11 COMENTÁRIOS

  1. Exceto pelo trem de pouso cafona de sempre (não questiono sua eficiência, apenas estética) o helicóptero é bem bonito para os padrões Russos… rs

    • Sempre penso exatamente nisso quando vejo o Mil Mi 26. O trem de pouso bagaceiro estraga o visual.

  2. Bela máquina que poderia também ter sido nossa se não tivessem entubado a malfadada Kombosa.

    • O ganhador da concorrencia que o H225M atropelou foi o Mi-17 e não o Mi-38.

  3. Se vem com a rusticicade dos demais helicópteros russos, é bom! Pode crer! E o danado além do mais é bonito!

  4. Os russos sabem fazer bons helicópteros. Mais uma ave para ser observada por entusiastas, nós inclusos. 🙂

  5. Caramba!
    Que helicoptero bonito
    Nem Parece russo…. se tem uma coisa que os russos sempre falhavam miseravelmente era no design dos helicopteros…. com exceção do Ka-52

    Mas esse ai saiu lindo!

Comments are closed.