O primeiro HH-60W Combat Rescue Helicopter durante a realização de seu primeiro voo. (Foto: Lockheed Martin)

O Sikorsky HH-60W Combat Rescue Helicopter realizou seu primeiro voo hoje, na unidade da Sikorsky em West Palm Beach, Flórida, em um passo importante para levar esta aeronave totalmente nova a membros do serviço militar para realização de operações críticas de busca e resgate em combate (CSAR).

O helicóptero de resgate, desenvolvido pela Sikorsky, empresa da Lockheed Martin e baseada no comprovado UH-60M Black Hawk, é personalizada para a missão de resgate da Força Aérea dos EUA e garantirá que esta cumpra sua missão de não deixar ninguém para trás.

O tempo total de voo foi de aproximadamente 1,2 horas e incluiu checagens de controle do voo pairado, voo em baixa velocidade e uma passagem sobre o aeródromo.

“Esta conquista é mais um passo vital em direção a uma decisão de produção inicial de baixa taxa e a obtenção desta aeronave tão necessária e suas capacidades avançadas para o combatente”, disse Dana Fiatarone, vice-presidente da Sikorsky Army & Air Force Systems. “Estamos muito satisfeitos com os resultados do voo de hoje e esperamos ter um programa de testes de voo produtivo e informativo.”

O voo de hoje prepara o caminho para uma decisão de produção Milestone C em setembro de 2019, de acordo com o cronograma original de referência, para o qual tanto a Sikorsky quanto a Força Aérea dos EUA estão comprometidas. Um segundo helicóptero HH-60W deve entrar em teste de voo na próxima semana, com uma terceira e quarta aeronave entrando no teste de voo no próximo trimestre. Essas aeronaves fornecerão dados críticos durante o curso do programa, o que permitirá à Força Aérea dos EUA tomar uma decisão de produção informada.

“O primeiro voo do HH-60W é a culminação de avanços significativos em desenvolvimento e design. Estamos animados para agora avançar para a qualificação completa do sistema de aeronaves por meio do programa de testes de voo”, disse Greg Hames, diretor do programa Combat Rescue Helicopter. “Juntamente com a Força Aérea dos EUA, nossa equipe está motivada e comprometida com o avanço deste programa e a entrega desta aeronave superior aos nossos pilotos e mulheres.”

O HH-60W Combat Rescue Helicopter é significativamente mais capaz e confiável do que seu antecessor, o HH-60G Pave Hawk. A aeronave hospeda um novo sistema de combustível que quase dobra a capacidade do tanque interno em um Black Hawk UH-60M, dando à tripulação da Força Aérea dos EUA um alcance estendido e mais capacidade de resgatar aqueles feridos no campo de batalha. A especificação HH-60W leva a requisitos de sistemas defensivos mais capacitados, redução de vulnerabilidades, armas, segurança cibernética, ambientais e requisitos centrados em rede do que atualmente mantidos pelo HH-60G.

“Com o sucesso do primeiro voo bem sucedido da Combat Rescue Helicopter, esperamos a conclusão do programa de testes de voo da Sikorsky, testes operacionais e produção desta aeronave para apoiar a missão de resgate da Força Aérea dos EUA”, disse Edward Stanhouse, Chefe da Força Aérea dos EUA junto ao Escritório do Programa de Helicópteros. “O aumento da capacidade de sobrevivência é fundamental e antecipamos muito as capacidades adicionais que esta aeronave proporcionará”.

O programa de compra da Força Aérea dos EUA exige 113 helicópteros para substituir os Pave Hawks, que realizam operações críticas de busca e salvamento em combate e recuperação de pessoal para todos os serviços militares dos EUA. Um total de nove aeronaves serão construídas nas instalações da Sikorsky em Stratford, Connecticut, durante a fase de desenvolvimento de Engenharia e Manufatura (EMD) do programa – quatro aeronaves EMD e cinco Demonstradores de Testes de Sistema (SDTA).

SEM COMENTÁRIOS