O primeiro C295 para missões de busca e salvamento (SAR) das Forças de Defesa do Canadá, deixa o hangar de montagem final da Airbus, na Espanha.

A primeira aeronave Airbus C295 FWSAR do Canadá deixou a linha de montagem final, depois que todos os testes funcionais foram aprovados com sucesso. É um marco importante no desenvolvimento e entrega da nova aeronave.

A variante C-295 que o Canadá está recebendo é a versão mais recente, equipada com winglets que a tornam capaz de transportar mais carga por distâncias maiores, resultando em economia de combustível e aumento das margens de segurança em regiões montanhosas.

Inúmeros aprimoramentos estão sendo introduzidos nos C-295s canadenses, respondendo aos requisitos específicos da missão de busca e resgate do país. Com a aeronave operando rotineiramente nas duras condições do Atlântico Norte, os C-295 para o Canadá incluem várias melhorias para garantir a segurança da tripulação, como um pacote avançado de aviônica compatível com os regulamentos de navegação mais exigentes, reforços na fuselagem que melhoram as operações de busca e uma escotilha para permitir uma evacuação rápida da aeronave em caso de pouso forçado no oceano.

Além disso, elementos foram incorporados para redução de arrasto aerodinâmico para melhorar o tempo de permanência na aeronave e aumentar a velocidade máxima durante as missões de busca e salvamento. O interior da cabine do C-295 foi adaptado para o funcionamento com a Força Aérea Canadense, como um novo sistema de intercomunicação sem fio para comunicações da tripulação, aumento de espaços para armazenamento de equipamentos SAR, iluminação adicional para evacuação médica e iluminação compatível com o uso de sistemas de visão noturna.

Os primeiros C-295 do Canadá estão em processo de montagem final e, após a conclusão de todas as fases de montagem – incluindo pintura e testes – a aeronave será inspecionada pelas autoridades do Ministério da Defesa espanhol (DGAM), com a entrega prevista para o final de 2019.

A montagem final dos C-295 canadenses é realizada na fábrica da Airbus em San Pablo, em Sevilha, na Espanha. Esta atividade é dividida em seis fases que ocorrem em diferentes estações de montagem. O trabalho em cada uma das estações dura aproximadamente 14 dias, após o qual a aeronave se desloca para a linha de voo e depois é autorizada para a entrega ao cliente.

Anúncios