A Saab divulgou um curto vídeo (teaser) que informa que no dia 10 de janeiro de 2013 estará apresentando sua próxima geração do caça Gripen. O vídeo mostra pouco sobre o novo caça, mas de acordo com o comunicado, será “uma nova geração de caças e pilotos, trabalhando junto para fazer a diferença – para nações que eles representam, e as pessoas que protegem”.

Grpn Large1

O primeiro protótipo do Gripen NG dever ser apresentado dia 10 de janeiro de 2013. (Fotos: Saab)
O primeiro protótipo do Gripen NG dever ser apresentado dia 10 de janeiro de 2013. (Fotos: Saab)

A Saab já havia informado anteriormente que o primeiro protótipo do novo caça Gripen F estaria pronto no começo de 2013. O Gripen NG Demo, uma versão altamente modificada do Gripen C/D, estava sendo usada para avaliar as modificações e melhorias de estrutura e sistemas, que agora serão incorporadas no novo Gripen E/F. Estaremos acompanhando e divulgaremos tudo aqui para vocês.

Agradecemos as contribuições até o momento. Graças à colaboração de algumas pessoas estamos conseguindo manter o site no ar, pois o valor necessário para manter o Cavok no ar é alto. Continuamos pedindo a ajuda de todos com as contribuições, que podem ser de qualquer valor. Se cada um ajudar um pouco, poderemos assim manter esse local como o melhor site de aviação do Brasil. Continuamos também lutando para conseguir um patrocínio, que ajudaria bastante nas despesas mensais do site. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral. Quem quiser também poderá doar através de depósito na conta corrente: Banco do Brasil – Agência: 0181-3 – C/C: 12.742-6 – Favorecido: Fernando Valduga. Desde já meu muito obrigado!




Enhanced by Zemanta
Anúncios

42 COMENTÁRIOS

  1. Belo vídeo, …. esta certo que é apenas ficção, mas aquela cena do Gripen NG atacando o Su35, … vai deixar muito russófilo irritado….

      • Ola Rustam.
        Muito bom… em minha opinião o Su35 é o melhor fighter do mundo na atualidade….
        Vocês podes mandar alguns destes para FAB?

          • O empuxo vetorado permite ao Su35 manobras incríveis…
            O Gripen deve ter matado de rir o piloto do Su35…

            • Edson, o TVC é interessante para "cegar" radares, em modo BVR, depois de detectar a presença de inimigos ou mesmo com o RWR clamando, mas em DF, acima de 800kmh, utilizar TVC de forma a elevar o G além de 10, partiria o SU ao meio… e, ao meu ver, não seria aconselhado reduzir tanto a velocidade e perder energia demais… enfim… abraço meu amigo!

              • Olá, Chico,
                Não entendi como o TVC (empuxo vetorado) pode cegar o radar inimigo em modo BVR, poderia expliacar?

                Abç.

                • Edson,

                  Pedindo licença o Francisco AMX ( o amigo pode corrigir-me se estiver errado ),

                  Em teoria, se uma aeronave conseguir manobrar de forma a ficar perpendicular ao feixe do radar adversário, ela pode "sumir" da tela, pois para o radar, daria a impressão de que o alvo em questão estaria "parado" no céu, de modo que o radar não o registraria como um alvo em movimento. Quer dizer, para o radar, o alvo não seria uma aeronave e não seria mostrado… E tendo o TVC, poderia se executar essa manobra de maneira muito mais eficiente. Isso, pelo que sei, funcionaria bem contra radares pulso doppler, de geração anterior ao AESA, mas contra o AESA em si, não creio que seja possível por conta de sua forma de emitir ondas…

                  Outro ponto específico seria o fato do TVC melhorar a capacidade de manobra de tal forma que poderia permitir a um caça manobrar rapidamente para fora do cone de varredura do radar adversário.

                  No mais, é como o Francisco AMX disse. TVC a 850km/h ( que é a velocidade na qual ocorre a maioria dos combates ) provavelmente partiria o Sukhoi a meio…

    • Caro Edson,

      Usando de táticas certas o Gripen E/F poderia sim fazer frente ao SU-35S. Repito, fazendo uso das táticas certas.

      Por exemplo: O Gripen E/F é preparado para operar em "rede" e usando de sensores passivos e radar no modo LPI, o objetivo é claro ficar mais esperando que um sinal de radar inimigo entregue a posição do mesmo. Isso, mais um bom míssil ar-ar BVR como o Meteor, daria condição e encarar o SU-35S.

      Do outro lado, o SU-35S iria fazer uso de seu radar potente e procurar o alvo no modo ativo. Mais os mísseis de longo alcance, fazendo-se entender que não tem medo de ser detectado antes pelos RWR do Gripen.

      Mas atenção fans do SU-35S: Não sou contra o caça russo, muito pelo contrário, gostaria de contar com o mesmo em pelo menos 2 esquadrões na FAB (2 GDAs, por exemplo).

      []'s

      • Ola Nick,

        Uma opção Hi/Lo Su35+Gripen NG seria bem vinda a FAB….mas ao que tudo indica vamos continuar de M2000/F5 enquanto durarem os PeTralhas…

        • Caro Edson,

          É por ae mesmo, o ideal seria essa combinação SU-35S(Hi/36)+Gripen E/F(Lo/120). Mas é o ideal, e aqui nem o feijão com arroz tá saindo…

          []'s

          • Já tô acostumado HMS…
            Qdo. critico os 5G, apanho de vcs….
            Qdo. critico a PeTralhada e os bolivarianos, apanho das viúvas do comunismo…
            Meu destino é ser sparring no blog….

      • se de acordo com alguns aqui um rafale pode fazer frente a um F22 um gripen dá conta de 5 SU35BM de uma vez tranquilamente

        • Caro caue22,

          A conta no caso do Gripen seria 2 Gripen x 1 SU-35S… 🙂

          []'s

        • O grande trunfo do Gripen é sua ação em grupo com sistemas datalink, associado com AWACs, … caça solitário por melhor que seja não pode enfrentar um grupo bem "entrosado"…
          O Rafale até onde sei provou suas virtudes em combate ao ser o primeiro a entrar nos céus da Líbia com seu sistema spectra, antes da chuva de tomahawks e atacar suas defesas sem sofrer qq baixa, até onde sei nenhum outro vetor teve essa coragem…
          O F22 foi levado para ações na Líbia, mas a areia deve ter riscado sua pintura e tiveram medo de colocá-lo em combate…
          Como o F22 não se comunica com outros aviões, também tiveram medo que fosse abatido por fogo amigo ou inimigo…conclusão…. só passou vergonha…

          • Edson,

            Alguns pontos a serem considerados na investida do Rafale na Líbia:

            (a) Mesmo antes dos Rafales aparecerem, é certo que as aeronaves de guerra eletrônica ( Growler, Prowler e outras ) da OTAN já faziam sua parte, mesmo sem penetrar no espaço aéreo Líbio.

            (b) Benghazi é uma cidade banhada pelo mar e portanto mais dificil de ser defendida nesse setor "sensível".

            (c) A própria cidade de Benghazi estava sob controle rebelde… Ou seja, espaço aéreo estava praticamente livre…

            Tudo leva a crer que, antevendo a ação da OTAN, os Líbios legalistas concentraram suas principais defesas na região da Tripolitânia, em particular ao redor de Tripoli, que no final ficou por conta dos Tomahawks… A região da Cirenaica, principal palco de atuação dos Rafales, estava virtualmente indefesa… Isso não reduz o fato de que o Rafale foi a primeira aeronave aliada a sobrevoar território Líbio em missão de ataque, mas também é fato que nenhum Rafale sobrevoou os setores mais perigosos nos primeiros momentos da campanha…

          • E quem disse que os EUA levaram o F-22 para a Líbia? E por que motivo os EUA deveriam levar o F-22 para a Líbia? Que missões o Raptor deveria fazer naquele TO? E como você explica o fato do F-22 operar no Hawai, onde a temperatura é quente e úmida, efetuar constantes deslocamentos aos Emirados Árabes Unidos, onde existe areia, e operar também no Alasca em condições inóspitas?

  2. 10 de janeiro de 2013 o avião de papel(origami NG) vai sair do mundo da fantasia e virar realidade, vai ter muita gente que não vai gostar disso, rssss…..

  3. Muito bem, já que a versão mono-posto Gripen ng está pronta agora em janeiro de 2013 a Saab poderia manda-lo aqui no Brasil (ainda no primeiro trimestre) para os pilotos da FAB conferirem melhor o equipamento em seu formato definitivo (ou seja, radar AESA+METEOR) ! se a Saab tomar a iniciativa capaz que governo tome logo esta opção! um abraço.

    • Se a Saab manda-se este novo caça aqui para FAB fazer um treinamento com os E-99, ai sim meu querido, imaginar a FAB com Gripen E/NG com radar AESA/swashplate + Meteor + R-99 = SOBERANIA BR!

  4. Esperemos que seja uma novidade real, como a apresentação do primeiro protótipo do Gripen E/F.

    []'s

  5. Gostaria que a SAAB apresentasse algo de extraordinário, mas o mais certo é isso não acontecer…

  6. Belo vídeo e sucesso para o caça..o qual muitos criticam. Mas o nosso país não teve a competência ou o governo de estimular o desenvolvimento de um avião de caça.

    Sempre gostei dos Gripens!

  7. Quer dizer que o Gripen vai deixar a condição de "caça que não existe" em… 2013?!!

    Que coisa, heim?

  8. Que se dê a César o que é de César…
    Em termos de marketing o pessoal da SAAB é 10 !!!

    A ÚNICA coisa que justifica esta papagaiada toda por parte da SAAB é FINALMENTE aparecer um protótipo DE VERDADE !!!

    Isso quer dizer o AIRFRAME DEFINITIVO E NOVO da versão E/F do Gripen.

    Aí veremos o novo alcance real sem tanques externos e se o o AIRFRAME realmente implementa a participação da AKAER brasileira.

    O BOM da aviãozinho de papel finalmente dar sua cara real a tapa é que será INEVITÁVEL que a mitologia sueca vai ter de começar a "fechar" com o produto real….

    • E o que dizer do marketing da Dassault e seus histórias da carochinha tais como "transferênfia di tequinúlugia" ou então a minha preferida, a de poderosos Rafales derrotando o F-22 meu caro Giba….

  9. E o Brasil Pra variar perde mais uma chance de participar de um bom projeto…

  10. Pra quem duvida do valente gripen, logo teremos sua nova geração!

    Morro de rir quando vejo pessoal dizendo 2 gripen pra um Su30/35, motor vetorado e outras idiotices.

    1º Qual serventia tem motor vetorado contra um míssil de 4G+ e HMD?
    2º Manobrável por manobrável o gripen é um dos melhores.
    3º Os russófilos deviam ler mais sobre um míssil chamado meteor, põe os semelhantes russos se é que tem, no chinelo!
    4º Provavelmente o RCS do Su30/35 é extremamente maior ao do gripen, e dizem que o NG terá redução em seu RCS.

    Uma coisa o Su30 é melhor, seu alcance, mas se isso fosse interessante pra fab ela não teria forevis-5

    • Vdd, faloww tudo..

      Pena mesmo é que o Brasil mais uma vez perdeu o bonde e vai ficar de F-5 Tiger msm.

    • Meteor está nascendo agora?
      O R-77M, já existe…
      Como existe o R-37, e o R-172…

  11. Uma das principais características que devem ser alteradas é a autonomia do avião, que na versão original é pouco maior que a do F-5. Com a adoção de radar AESA e mísseis Metheor o Grifo pode se tornar uma ótima opção para a FAB. Muito tem se falado na questão do preço dos aviões, que tende formente a favor do Vespão da Boeing, mas a menos que o Brasil constitua um enorme enxame como tem a USN, a questão do preço de pouca coisa vai adiantar. A FAB já foi obrigada a adotar um equipamento mais barato e inferior ao que era pretendido, pois na época da aquisição dos F-5 a FAB almejava na verdade o Phanton, mais eficiente porém mais caro. Nas apresentações em voo classifico sempre o Grifo em segundo lugar em relação ao Rafale e se o negócio com os franceses ficar muito difícil, acho que a FAB fica bem com o Grifo NG. O grande problema é a urgência.

  12. Se o Grifo, com a versão anterior já vende mais que o raphale, imagina depois de janeiro como vai ser.. rsrsrs

Comments are closed.