O Sikorsky CH-53K levantou uma carga de 36.000 libras durante um testes na unidade da Sikorsky em West Palm Beach, Flórida. (Foto: Lockheed Martin)

O helicóptero Sikorsky CH-53K King Stallion completou uma elevação no cabo externo de uma carga útil de 36.000 libras (pouco mais de 16 toneladas), no Centro de Desenvolvimento de Voo da Sikorsky, em West Palm Beach, Flórida, atingindo o peso máximo no gancho de carga do ponto central. Este marco significa a conclusão de atividades críticas de expansão de envelope de voo para o CH-53K enquanto a Sikorsky, empresa da Lockheed Martin se prepara para entregar a primeira aeronave ao Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos este ano. Veja o vídeo a seguir.

O CH-53K levantou a carga externa de 36.000 lbs. em um voo pairado, seguido de voo que demonstrou as qualidades de manipulação satisfatórias e tolerâncias estruturais. O peso bruto da aeronave superou um pouco mais de 91 mil lbs. (41 toneladas), tornando este o helicóptero mais pesado já lançado pela Sikorsky.

“A conclusão bem sucedida desses últimos testes críticos de expansão de envelope demonstra ainda mais a maturidade da aeronave CH-53K”, disse o Dr. Michael Torok, vice-presidente de Sistemas dos Fuzileiros Navais na Sikorsky. “Estamos ansiosos para trazer essa capacidade de elevação pesada única e excepcional para o Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e nossos clientes internacionais”.

Antes da elevação da carga de 36.000 lb., o CH-53K levantou várias cargas externas de até 27.000 lbs. (12.200 kg) incluindo um veículo leve tático comum (JLTV). O CH-53K pode transportar uma carga externa de 27.000 lb. em distâncias maiores que 110 milhas náuticas em condições altas / quentes, o que é mais do que o triplo da capacidade de carga externa da aeronave CH-53E antiga. Outras realizações do envelope de voo incluem o deslocamento de voo pairado para horizontal em velocidades de voo de até 200 nós, decolagens e pousos em superfícies inclinadas de até 12 graus, liberação de carga externa e teste de uso de armas.

O CH-53K transportando um JLTV.

“A capacidade de carga útil deste helicóptero é incomparável, o triplo do seu antecessor e melhor do que qualquer outro helicóptero de transporte pesado em produção”, disse o coronel Hank Vanderborght, gerente de programas do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA para o Programa de Helicópteros de Transporte Pesado do Comando de Sistemas de Aviação Naval (NAVAIR). “O programa CH-53K continua no ritmo para implantar esta incrível capacidade de elevação pesada para nossos guerreiros”.

O CH-53K também está recebendo interesse internacional. A Rheinmetall e a Sikorsky assinaram recentemente um acordo estratégico para oferecer o CH-53K para a nova competição alemã de helicópteros pesados. Companheiros de equipe adicionais serão anunciados nas próximas semanas, levando à estréia da aeronave no ILA Berlin Air Show em abril.

6 COMENTÁRIOS

  1. Nossa, tá no talo. Olha as pás do helicóptero para cima….. ta em potência total… Show de bola.

  2. O Mi-26 levanta um pouco mais que esse modelo acredito, ambos são aplicados em missões em específicas, não é a toa que poucos países operam helis desse porte.

    • O CH-53K tem uma vantagem capital sobre o Mi-26, que é ser mais compacto. Tente colocar um Mi-26 em um LHD/LHA…

      • O problema desta versão será o preço. A gritaria está grande nos sites norte-americanos.

Comments are closed.