O XP-82 Twin Mustang de Tom Reilly, no seu primeiro voo oficial. (Foto: Michael O’Leary)

O reconstruído protótipo do XP-82 Twin Mustang comemorou seu primeiro voo oficial na segunda-feira e o voo foi comemorado como perfeito pela equipe de restauração.

O voo foi confirmado pela equipe do Projeto de Restauração do XP-82 Twin Mustang de Tom Reilly, que foi muito mais longo do que o seu primeiro voo “sem querer” há três semanas. No último dia de 2018, a aeronave (matrícula 44-83887) que realizava uma corrida de táxi na pista acabou decolando para um voo curto de cinco minutos sobre a pista em Douglas, Geórgia. Nesta segunda-feira, o voo foi intencional e mais organizado.

A aeronave, com matrícula civil N887XP, foi restaurada por Tom Reilly e sua equipe no Douglas Municipal Airport, em Douglas (GA). Dos 272 Twin Mustang construídos, apenas cinco são conhecidos por terem sobrevivido.

O Twin Mustang de Reilly, com seus dois motores Merlin, decolou suavemente e voou com uma aeronave T-6 como “avião paquera”. Um pequeno grupo de simpatizantes estava no aeroporto para testemunhar o voo, que aconteceu sob um céu azul.

A base do projeto, uma fuselagem que estava armazenada num ferro velho, foi garantida pelo operador de sucata Walter Soplata, de Newbury, Ohio, e obtida por Reilly há cerca de 15 anos. Peças foram encontradas em todo o mundo para a restauração. A aeronave estava provisoriamente preparada para uma aparição no AirVenture, em Oshkosh, no ano passado, mas até agora não houve anúncios sobre futuras exibições públicas.

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.