Carga de 450kg de cocaína estava a bordo de aeronave interceptada pelos A-29 da FAB.

No dia 6 de julho, aeronaves A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptaram um avião, então considerado suspeito, que transportava uma carga de aproximadamente 450 quilos de cocaína.

Após ser detectada por radares de defesa aérea da FAB, a aeronave civil Cessna C206 (prefixo PT-JSN), foi interceptada por dois A-29 Super Tucano e, não cumprindo as instruções para seguir para Boa Vista (RR), realizou um pouso não autorizado na rodovia BR 174, próximo à cidade de Caracaraí, Roraima. O pouso foi registrado por um motorista que passava pela rodovia. Num dos vídeos é possível ver a aeronaves A-29 sobrevoando a rodovia onde o C206 pousou.

Após o pouso, por volta das 09h20, o piloto abandonou a aeronave com toda a carga à bordo, e fugiu em uma moto roubada. Na sequência, a droga foi apreendida pela Polícia Federal.

A aeronave foi posteriormente levada por um guincho pela rodovia e será periciada por agentes da Policia Federal.

De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), a aeronave foi vendida em 1996, e operava desde 2001 sem certificado de aeronavegabilidade, ou seja, de maneira irregular.

A ação fez parte da Operação Ostium, que é realizada de forma permanente pela Força Aérea Brasileira nas regiões fronteiriças.

O objetivo da operação, que ocorre de forma conjunta com outras agências (FAB e órgãos de Segurança Pública), é coibir voos irregulares nas regiões fronteiriças do Brasil.

Anúncios

4 COMENTÁRIOS

  1. Já que não cumpriram instruções da FAB, fogo! Cumpra-se a lei do abate. A sociedade agradeceria. Bandido custa muito para os cofres públicos. Sem contar o custo que as drogas trazem para a sociedade.

    • A vantagem na apreensão da aeronave, sem danos, é a possibilidade da mesma ser usada por alguma força de segurança pública (PM, PC, Corpo de bombeiros e demais órgãos). A justiça já destinou varias aeronaves para alguns estados, aviões e helicópteros, frutos do tráfico.

  2. Me deu uma ideia meio maluca aqui, uma aeronave como o V-22 com um canhão móvel como o do AH-64 e transportando tropas para realizar a interceptação a apreensão dos traficantes seria interessante.

Comments are closed.