Um dos jatos executivos Bombardier Global 6000 da VistaJet. (Foto: Bombardier)

A Bombardier anunciou hoje a maior venda da história da empresa. A VistaJet, uma empresa líder mundial de aviação de luxo e operadora exclusiva de aviões Bombardier, assinou acordo para a compra de 142 jatos executivos Global. O pedido consta de 56 aviões, mas pode agregar mais 86 unidades, acumulando o valor de US$ 7,8 bilhões. O valor da primeira parte do pedido é de US$ 3,1 bilhões, de acordo com os preços de tabela de 2012.

O jato executivo Bombardier Global 5000, que a VistaJet encomendou 25 unidades. (Foto: Bombardier)

O pedido é composto por 25 Global 5000, 25 Global 6000 e seis Global 8000. As entregas terão início em 2014. O acordo também inclui a opção de mais 40 Global 5000, 40 Global 6000 e seis Global 8000.

O painel Vision Flight Deck da família de jatos Global da Bombardier.

“Em qualquer análise, este é um pedido histórico para a Bombardier. A VistaJet escolheu mais uma vez os aviões da Bombardier para aumentar sua frota com os jatos da família Global, líderes em seu segmento”, disse Steve Ridolfi, presidente da Bombardier Jatos Executivos. “Damos impulso ao compromisso da VistaJet em cobrir de forma global os mercados existentes e em formação. Nossas aeronaves Global são perfeitas para as estratégias de negócios da VistaJet em oferecer o que há de melhor da aviação executiva em todos os cantos do mundo”, acrescentou o presidente.

Interior do jato Global 6000. (Foto: Bombardier)

Para a VistaJet, o pedido significa um passo importante para seus planos de expansão e de fazer a aviação executiva mais acessível aos mercados emergentes. Thomas Flohr, fundador e chairman da VistaJet, explicou que “esse pedido é a data-marco mais importante para a VistaJet e é um testemunho de nossa estratégia de cobrir o mundo todo. Nossos clientes precisam viajar sem escalas e percorrer todo o planeta, seja de Los Angeles a Shangai, seja de Londres a Luanda, ou seja de Kinshasa a Ulan Bator, não medimos esforços para conectar os diversos destinos do planeta em níveis incomparáveis de estilo e segurança.

“O sucesso que obtivemos até hoje nos permite fazer este pedido histórico e nos permitirá colocar aviões novos em mercados em crescimento. Estou empolgado em servir estes mercados de forma local e global.”

“Os jatos Global são ideais para nossas demandas, tanto para os donos dos jatos quanto para clientes”, completou Flohr.

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta
Anúncios

4 COMENTÁRIOS

  1. Uma venda destas de Legacy e Lineage ia bem para a Embraer, US$ 3,1 Bi inicial.

    • O Legacy 600 baseado no ERJ-135 para 13 pax e o Lineage 1000 baseado nos E-190 para 19 pax dão conta do recado.

Comments are closed.