A aeronave de testes Bombardier Global 7000 no momento da decolagem para o voo inaugural. (Foto: Bombardier)

A quarta aeronave de teste de voo Global 7000 decolou do aeródromo localizado junto das instalações da Bombardier em Toronto no início da manhã de hoje.

Equipado com um interior completo de cabine, a aeronave conhecida como FTV4, também conhecida como “Architect”, será utilizada para testes de validação interna e para confirmar o conforto, conectividade e produtividade incomparáveis que os clientes da Bombardier irão experimentar.

O design avançado da asa da aeronave Global 7000 foi projetada para otimizar velocidade, alcance e controle, garantindo um voo excepcionalmente suave. Com uma capacidade ultra-longa de 7.400 milhas náuticas (13.705 km) em Mach 0,85, pode transportar oito passageiros sem escalas de Londres para Cingapura ou de Dubai para Nova York com uma velocidade operacional máxima de Mach 0,925.

1 COMENTÁRIO

  1. O desenvolvimento do Global 7000 esta recheado de novidades, dente elas o novo motor GE passport, bem mais econômico. Esse desenvolvimento pode comunizar com os EJR 700 / 900 / 1000 que são os jatos comerciais da BOMBARDIER e concorrer com EMBRAER no E-175 e na renovação da frota Americana em substituição aos antigos 50 seats.

Comments are closed.