Modernizado Tu-160M durante primeiro voo no dia 2 de fevereiro.

O mais novo bombardeiro da Rússia, o modernizado Tu-160M, realizou no domingo (02/02) seu primeiro teste de voo, de acordo com a empresa aeroespacial e de defesa russa Tupolev.

“No dia 2 de fevereiro de 2020, o primeiro voo do primeiro protótipo do bombardeiro Tu-160M profundamente modernizado, baseado na aeronave Tu-160 Blackjack, ocorreu no aeródromo da Kazan, uma unidade da PJSC Tupolev”, disse o serviço de imprensa da United Aircraft Corporation.

Embora a nova aeronave externamente não seja diferente da base do Tu-160, ao mesmo tempo suas capacidades de combate aumentarão significativamente, inclusive expandindo o leque de armas. Além disso, uma nova série de motores NK-32 está sendo fabricada para esta aeronave, o que aumentará o alcance de vôo dos “Blackjacks” em mil quilômetros.

O vôo prosseguiu a uma altitude de 1.500 metros e durou 34 minutos.

“Durante o voo, foram realizadas as verificações necessárias nos sistemas e equipamentos atualizados instalados como parte da profunda modernização da aeronave. Segundo a tripulação, o voo foi normal, os sistemas e equipamentos funcionaram sem maiores comentários”, adicionou o serviço de imprensa.

Conforme relatado, no final de novembro do ano passado, essa aeronave foi transferida da unidade de produção para a estação de teste de vôo da fábrica de aeronaves de Kazan para trabalho na etapa de testes de solo e vôo da fábrica.

O primeiro bombardeiro estratégico Tu-160M, profundamente modernizado, construído a partir do zero será transferido para o Ministério da Defesa da Rússia em 2021, disse à Interfax o diretor geral de Tupolev, Alexander Konyukhov.

Anteriormente, o chefe do Ministério da Indústria e Comércio da Rússia, Denis Manturov, disse em entrevista à Interfax que o primeiro Tu-160M ??construído a partir do zero (também chamado de Tu-160M2) será testado no final de 2020.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS