A AVIC da China desenvolveu e testou em voo o Yaoying-2, um avião não tripulado de média altitude, baixa velocidade e longa duração (MALE), capaz de missões de reconhecimento e de ataque, e destinado principalmente ao mercado internacional. (Foto: AVIC)

O novo drone de reconhecimento e ataque desenvolvido pela China, o Yaoying-2, completou com sucesso seu voo inaugural, segundo a desenvolvedora Aviation Industry Corporation of China (AVIC).

Destinado ao mercado internacional, o Yaoying-2 é um Sistema de Aeronaves Não-tripuladas (UAS) de média altitude, baixa velocidade e longa duração, com capacidades de reconhecimento e de ataque.

Com controle automático total e navegação integrada, o novo drone pode realizar reconhecimento e vigilância de imagens fotoelétrica, reconhecimento com imagens de radar e detecção de sinais de comunicação.

O drone pode fornecer informações de monitoramento e imagem em tempo real para muitos campos, incluindo combate a incêndios, socorro a desastres, fotografia aérea, oleodutos, prevenção de incêndios florestais e levantamentos de recursos no solo.

4 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma cópia do Predator… Mas já vi em posts anteriores um camarada dizer… Nada disso é cópia, é apenas usar o conceito… kkkkkkk…

    • Sua afirmação é do mesmo nível que dizer que o Rafale é cópia do Viggen.

  2. E provavelmente no mercado internacional, pela metade do preço da concorrência.
    Depois não sabem porque os chineses estão dominando tudo.

    • Vai ver que é por isso que eu vi um desses sendo vendido no camelô não é!?

Comments are closed.