O segundo protótipo do helicóptero utilitário leve LUH da HAL. (Foto: HAL)

Na sequência do primeiro voo do segundo protótipo do HTT-40 (PT-2), a HAL realizou o primeiro voo do segundo protótipo do Helicóptero Utilitário leve (LUH) (PT-2), no dia 22 de maio de 2017 em sua instalação em Bengaluru.

O helicóptero tinha nos controles o Chefe dos Pilotos de Testes, Cdr (Retd) Unni K Pillai e o piloto de teste Wing Cdr (Retd) Anil Bhambhani. A duração do voo foi de cerca de 22 minutos e os pilotos relataram um voo tranquilo.

Estas novas aeronaves que voaram pela primeira ver dão testemunho do rápido progresso da HAL na campanha ‘Make in India’, tanto nos segmentos de asas fixas como rotativas. Esses protótipos dão força aos voos de teste em andamento para alcançar a capacidade operacional antes do prazo”, disse Shri T. Suvarna Raju, chefe da HAL.

O LUH “PT2” teve modificado o cone da cauda e incorporou melhorias com base no feedback dos testes do LUH “PT1”. O primeiro voo do LUH “PT1” foi realizado no dia 6 de setembro de 2016 e estão em andamento outros voos visando a expansão de envelopes. O LUH “PT-1” fez sua demonstração de voo durante o show aéreo internacional Aero India-2017, realizado em fevereiro de 2017.

A HAL planeja realizar mais testes de voo nas aeronaves PT1 e PT2 nos próximos meses para congelar a configuração do helicóptero até o final deste ano. Representantes da HAL, Agência de Desenvolvimento de Defesa, e Força Aérea e Exército indiano estiveram presentes durante o voo

O LUH é uma nova geração de helicópteros na classe de 3 toneladas que está sendo desenvolvido localmente pela HAL para atender aos requisitos de ambos os operadores militares e civis. O helicóptero com cockpit no conceito glass será implantado para tarefas de reconhecimento, vigilância e como helicóptero de transporte leve.

O segundo LUH visto no Aero India 2017.

O helicóptero será capaz de voar a 220 km/h, com um teto de serviço de 6.500 metros e um alcance de 350 Km com carga útil de 400 kg. O LUH é alimentado por um motor Turbomeca/HAL Ardiden 1U (Shakti 1U) com margens de potência suficientes para atender a exigentes missões de altitude.

Uma instalação integrada para a fabricação do LUH, juntamente com os sistemas e componentes, compósitos, sistema de transmissão, motor, testes de terra e instalações de teste de voo e instalações de reparo e revisão para o LUH, sistemas e o motor está planejado em Tumakuru, Karnataka para a qual a pedra fundamental foi apresentado pelo Primeiro-Ministro indiano no dia 3 de janeiro de 2016.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom , a India aos poucos começa dar ritmo a seus projetos nacionais , testaram o turbohelice de treinamento e agora este belo Helicoptero , espero que nao percam o foco e deem sequencia as aquisiçoes e posteriormente a evoluçao destas maquinas !

  2. No caso a HAL precisa melhorar muito no aspecto confiança dos seus helicópteros locais, vide o caso dos Dhruv vendidos para o Equador que tiveram uma taxa de perdas alta e em pouco tempo tanto que os remanescentes foram estocados e colocados a venda mesmo sendo exemplares novos.

    Falo isso não duvidando da capacidade dos indianos em desenvolverem e produzirem seus próprios meios, mas uma situação como esta coloca dúvidas sobre a confiabilidade das aeronaves e realmente espero que o LUH seja bem sucedido tanto de forma local e também que consiga exportações.

    Mas só o tempo vai dizer se isso ira ocorrer ou não.

Comments are closed.