O terceiro protótipo do Gripen E (39-10). (Foto: Lasse Hejdenberg/Saab)

A Saab realizou hoje (10/06) o primeiro voo de teste do terceiro protótipo do caça Gripen E. O jato de número 39-10 decolou da pista localizado junto à sede da empresa em Linkoping, Suécia.

O voo teve uma duração de 57 minutos, com o piloto de testes experimental da Saab, Jakob Hogberg, nos comandos.

O primeiro protótipo voou em junho de 2017 e o segundo em novembro de 2018. O próximo jato Gripen E a voar deverá ser o primeiro modelo que será entregue para FAB, previsto para agosto ou setembro deste ano.

O caça Gripen Demo, usado para testar as melhorias utilizadas no Gripen E, também deve retornar aos voos de testes no futuro próximo, em apoio ao programa Do modelo E, tendo recebido recentemente atualizações, incluindo a instalação de um novo cockpit com WAD no assento traseiro.

Falando no mês passado, Eddy de la Motte, chefe de unidade de negócios da Saab, Gripen E / F, disse que a empresa pretende ter oito aeronaves da nova geração voando antes do final deste ano, incluindo quatro exemplares de produção que estão em fase final de montagem em Linkoping.

Cliente de lançamento A Força Aérea Sueca receberá 60 Gripen Es, com o primeiro cliente de exportação, o Brasil, a implantar uma frota de 36 unidades, com 28 modelos de assento único e oito modelos F de dois lugares.

10 COMENTÁRIOS

  1. Como foi divulgado anteriormente, este primeiro exemplar do Gripen E que será entregue este ano ao Brasil também será um protótipo para que a Embraer inicie seus testes.
    Com os primeiros jatos operacionais entregues a partir de 2021.
    Está tudo ocorrendo dentro do cronograma e relativamente rápido, apesar de alguns se queixarem de demora, achando que projetar, testar e produzir caças deveria ser como produzir pão numa padaria.
    E vale lembrar que trata-se de um projeto novo, cuja unica semelhança com a versão C/D é em relação a sua aparência externa.

      • Ironia tola da sua parte.
        Você realmente não tem nenhuma noção das capacidades deste caça e nem do JAS-39, que é um excelente caça, como todos que a SAAB projetou até hoje. Inclusive em exercício realizado na Europa, o JAS-39 deu uma sova no F-16 e no F-18.
        Voce parece ser mais um que julga a capacidade de um caça pelo seu tamanho, quantidade de motores, de estabilizadores verticais e da marca que ostenta.