O GlobalEye, é baseado numa aeronave Bombardier Global 6000.

A segunda aeronave GlobalEye, da Saab, decolou pela primeira vez às 11h do dia 3 de janeiro, no aeródromo da Saab em Linköping, Suécia.


O GlobalEye, que é baseado em uma aeronave modificada da Bombardier Global 6000 com um conjunto de sensores avançados, incluindo o radar aerotransportado Erieye ER, realizou o voo de teste coletando dados de voo. A duração do voo foi de 2 horas e 54 minutos.

Tripulação posa para fotos após o voo.

“O primeiro voo bem-sucedido de hoje é outro passo importante para o GlobalEye. Recebemos o contrato inicial no final de 2015, concluímos o voo inaugural com a primeira aeronave em março de 2018 e agora temos a segunda aeronave no ar pouco mais de nove meses depois. Esse é o tipo de eficiência que significa a Saab ”, diz Anders Carp, chefe de área de negócios da Saab.

Segunda aeronave GlobalEye retorna a Linköping após seu primeiro voo.

O GlobalEye oferece alcance estendido de detecção, resistência e capacidade de desempenhar várias funções, incluindo tarefas como busca e salvamento, vigilância de fronteiras e operações militares. O cliente de lançamento do GlobalEye é os Emirados Árabes Unidos, onde a solução é conhecida como SRSS (Swing Role Surveillance System).

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.