volocopter #0O Volocopter realizou os primeiros voos tripulados.

O Volocopter VC200 é uma aeronave de dois lugares e que realizou mais de cem voos de testes remotamente pilotado. O aparelho recebeu autorização para voar das autoridades de aviação alemã em Fevereiro de 2016 e foi classificado como um avião ultraleve de. O primeiro voo tripulado do multicoptero foi realizado no dia 30 de Março, 2016, em um aeródromo no sul da Alemanha.

Projetado para ser “tão seguro e fácil de voar, literalmente qualquer um pode pilotá-lo“, o Volocopter tem um único joystick de comando. A aeronave mantém sua posição automaticamente quando o piloto solta o controle.

O Volocopter é totalmente elétrico e foi submetido a extensivos testes de segurança antes do voo tripulado, incluindo testes em que motores de propulsão e as baterias foram desligados durante o voo, e a entrada de informações erradas aos sensores. Voos não tripulados também foram realizados em condições climáticas turbulentas.

O próximo passo agora é receber a certificação de tipo para a aeronave, marcando o início de um programa de testes pilotados, dividida em três fases: Na primeira fase, realizar voos de baixa altitude com velocidade máxima de 25 km/h (13 nós). A segunda fase envolverá voos de altitude média em velocidades de até 50 km/h (27 nós), enquanto a terceira fase irá validar o VC200 em altitudes mais elevadas e em toda a sua gama de velocidade máxima, de até 100 km/h (54 nós).


FONTE: Vertical Magazine

Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. Pode ser interessante para aviação esportiva e até uma alternativa no mercado civil em algumas tarefas hoje assumidas por helicópteros de menor porte. Mas penso ser difícil que tenha aplicabilidade militar…

  2. Bela matéria Giordani, só faltou comentar que ele é equipado com um paraquedas, é um híbrido de helidrone, uma empresa chamada E-Hang também está desenvolvendo um multihélice para transporte humano, com certeza será o meio de transporte do futuro.

  3. o projeto chines é mais interessante, tem mais autonomia, tem piloto automatico, ocupa bem menos espaço.

  4. Não sei até onde a "simplicidade de voar " seja algo seguro.
    Não só para gente que acha que já é piloto (só porque comprou um kit e montou ou mandou montar) como para as pessoas que viajam com eles e principalmente os que estão abaixo deles.
    Pilotar algo requer competência e qualificação o fato da aeronave ser simples não muda de forma alguma sua condição de exigir alguém muito bem qualificado para lidar com algo que voa…

  5. Se o pessoal já faz bastante estrago em 2 dimensões (carros), imagina em 3 dimensões com um monte dessas maquinas voando sobre a gente.

Comments are closed.