A nova aeronave da Zunum Aero será a inovação pretendida pela empresa de aviação executiva JetSuite.

No que provavelmente será mais quebra de paradigma do setor de aviação, a JetSuite comprometeu-se com a compra da aeronaves híbridas a elétricas Zunum Aero de 12 lugares, com um pedido potencial de 100 aeronaves, tornando-se a cliente de lançamento da inovadora aeronave.

O pedido também introduzirá a primeira plataforma elétrica para transporte aéreo de passageiros na indústria aeronáutica.

O cronograma de entrega é até 2022, com testes programados para 2019. É um cronograma ambicioso para uma aeronave com nova tecnologia, mas a Zunum está propositadamente contando com tecnologia já comprovada em eletrônica, motores elétricos, propulsores e aeronaves, alavancando a especialização em engenharia nesses campos. A promessa é óbvia quando se considera que a Zunum é apoiada pela JetBlue Technology Ventures e pela divisão Horizon X da Boeing.

O JetSuite já é conhecido por quebrar paradigmas, implementando um modelo que torna a aviação comercial mais acessível e expande o mercado. A aquisição agora traz a economia dos aviões comerciais para a aviação executiva, que promete abrir ainda mais o segmento.

“Na JetSuite e na JetSuiteX, apreciamos a ousadia necessária para mudar o status quo, e vemos isso na Zunum”, disse Alex Wilcox, CEO da JetSuite. “Compartilhamos a visão da Zunum para a aviação híbrida com elétrica. Com essa parceria, esperamos trazer soluções de aviação cada vez mais eficientes e ambientalmente amigáveis ??para nossos clientes de jatos particulares e semi-privados”.

O movimento também expande o mercado da Zunum além da meta original da empresa aérea regional. Wilcox disse recentemente que o mercado de voos menores que 800 quilômetros foi completamente abandonado pelas companhias aéreas tradicionais e foi isso que deu a oportunidade para uma JetSuite bem-sucedida e outros novos modelos de negócios. De fato, a maior oportunidade nos EUA, e talvez em outro lugar, é servir o mercado intra-regional, agora sendo abordado por empresas como a Surf Air e Wheels Up no mercado de aviação executiva e a Silver Airways e outras na área regional.

A Zunum também observou que as opções de viagens eficientes são limitadas, com baixo número de voos regionais, altos custos e incômodos tempos de viagem porta-a-porta, o que torna a nova aeronave perfeita para as viagens privadas e semi-privadas de curta distância oferecidas pela JetSuite e JetSuiteX. Esses fatores levaram ao crescimento da aviação executiva. O incômodo associado ao serviço das companhias aéreas levou ao abandono das companhias aéreas com mais de 30 milhões de viagens anuais não atendidas, de acordo com a US Travel Association.

A aeronave Zunum Aero é otimizada para distâncias de até 1.000 milhas, com uma velocidade máxima de cruzeiro de 340 mph, e precisando menos de 670 metros para a decolagem. A Zunum disse que está bem posicionada para atualizar os cerca de US$ 1 trilhão em aeronaves atualmente servindo rotas regionais.

É também a primeira introdução de uma aeronave elétrica/híbrida em serviço de passageiros.

A empresa, que em última análise planeja uma família de aeronaves, está objetivando reduzir o ruído e as emissões em 80%, prometendo expandir a área operacional sobre as comunidades residenciais. Isso afetaria ainda mais o paradigma da aviação, reduzindo os tempos e os custos de viagem porta-a-porta e aproveitando milhares de aeroportos a mais do que os usados ??atualmente pelas companhias aéreas. Na verdade, esse é o ponto ideal da JetSuite – permitindo conveniência e eficiência na aviação regional.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Fantástico, o primeiro passo para uma nova era de propulsores aeronáuticos. Certamente que há um caminho a ser percorrido até alcançar os grandes jatos mas chegarao lá.

Comments are closed.