O primeiro F-15S modernizado com peças fabricadas na Arábia Saudita.

No dia 15 de janeiro de 2020, o primeiro F-15SA Eagle modernizado na Arábia Saudita decolou para um voo de cheque do Aeroporto Internacional de Riyadh.

A aeronave, uma versão do F-15S Eagle modernizada, ainda não estava totalmente pintada, mas usava apenas primer nas peças estruturais substituídas, como a cabine do cockpit, as asas e as estações adicionais nas asas.

Embora essas peças estruturais tenham sido projetadas nos Estados Unidos, elas não foram adquiridas nos Estados Unidos, mas foram fabricadas na Arábia Saudita pela Alsalam Aerospace Industries em Riad. O caça com a matrícula 5502 estava anteriormente em operação com o Esquadrão 55.

A maioria dos 84 jatos F-15SA recém-construídos foram entregues à Real Força Aérea Saudita (RSAF) pela Boeing e agora parece que a produção do pacote de atualização para os 68 F-15S sauditas sobreviventes está finalmente em pleno andamento.

Como a variante mais avançada da Eagle construída até hoje, o F-15SA é um derivado do caça multifuncional F-15E Strike Eagle de dois lugares e possui dois hardpoints adicionais e novos sistemas de armas; aviônicos atualizados (com cockpit digital no conceito “glass”, sistema de displays montado no capacete e capacidade de recuperação de desorientação; um sistema de guerra eletrônica digital da BAE Systems / sistema de aviso de mísseis (DEWS / CMWS); controles fly-by-wire; um sistema infravermelho de busca e rastreamento (IRST); o radar Raytheon AN/APG-63(V)3 AESA; e mais potentes motores General Electric F110-GE-129.

A Arábia Saudita vem construindo sua própria indústria da aviação há anos. Isso também inclui o Reino Árabe executando outros programas de modernização no país.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

    • Lamentablemente é o custo da guerra. Pior ainda quando se trata de uma guerra para manter um status quo de déspotas sanguinários.
      Aliás quem por aquelas bandas não é?

      CM

Comments are closed.