O vocalista da banda britânica de metal Iron Maiden, Bruce Dickinson, foi agraciado com a patente de Capitão Honorário do Grupo no Esquadrão No. 601 (Honorary Group Captain in No. 601 Squadron) da RAF (Royal Air Force).

“Integrado” aos quadros da RAF, Dickinson poderá participar de torneiros, como o torneio de esgrima (Royal Air Force Fencing Open) da Real Força Aérea. Bruce pratica esgrima desde os 13 anos.

Dickinson, que completou 61 anos em agosto, tem vários outros interesses além da música. Ele é piloto comercial licenciado, com experiência de voo de por mais de 20 anos (e 7.000 horas de voo) e possui uma empresa de aviação. Ele também atuou e fabricou cerveja.

O líder¹ do Iron Maiden tem envolvimento com a RAF há muitos anos. Em 2015 ele foi obrigado a fazer um pouso de emergência na base aérea de Halton, após seu triplano Fokker ficar com pouco combustível. O líder do esquadrão e oficial de comando de operações da RAF Halton, Gary Coleman, elogiou a atitude de Dickinson. “Aplaudimos a decisão de Bruce Dickinson de desviar para a RAF Halton, em vez de seguir para o seu destino com combustível potencialmente baixo. Para ver um piloto tão conceituado e um cantor de rock de renome mundial, tomar essa decisão é um exemplo para os jovens pilotos. Isso os faz perceber que alguém pode estar com pouco combustível devido a circunstâncias imprevistas e que a decisão certa é desviar“.

Dickinson também transportou pessoalmente pilotos da RAF do Afeganistão para a a base aérea de Wittering em 2008, assumindo o controle de um Boeing 747 fretado pelo Ministério da Defesa britânico para trazer o pessoal da RAF de volta ao Reino Unido.


Com informações de Forces.net; Roadie-metal;


¹Vocalista. Se o Iron tem dono, então é o Steve Harris.

 

Anúncios

2 COMENTÁRIOS