Autoridades australianas confirmaram a queda de um C-130 Hércules da empresa Coulson Aviation que trabalhava no combate as chamas naquele país. Imagem ilustrativa.

Um avião C-130 Hércules, de propriedade canadense, caiu enquanto combatia incêndios em uma região montanhosa da Austrália nesta quinta-feira (23), matando os três tripulantes.

As autoridades australianas ainda não sabem o que provocou a queda da aeronave.

“Tragicamente, parece não haver sobreviventes como resultado do acidente na área de Snowy Monaro”, disse Shane Fitzsimmons, chefe dos serviços de bombeiros rurais do estado de New South Wales, no sudeste do país.

Informativo de imprensa.

“A aeronave colidiu o solo e os relatos iniciais são de que houve uma grande bola de fogo em seguida. Não há nenhuma indicação, até o momento, do que causou o acidente”.

Um porta-voz da Autoridade de Segurança da Aviação Civil da Austrália disse que a aeronave entrou em um vale para derrubar o líquido usado no combate às chamas e não conseguiu subir.

Fitzsimmons disse que o avião foi alugado pela empresa canadense de combate a incêndios Coulson Aviation, que tem um segundo C-130 Hércules trabalhando na operação de incêndios florestais da Austrália.


FONTE: G1

Anúncios

2 COMENTÁRIOS