A nomeação do Ônibus Espacial Enterprise (OV-101) envolve uma das ordens presidenciais mais engraçadas de todos os tempos.

O Enterprise, o primeiro space shuttle, deveria originalmente ser chamado de Constitution, em homenagem à Constituição dos Estados Unidos. No entanto, os fãs de “Jornada nas Estrelas” iniciaram uma campanha junto à Casa Branca para selecionar o nome da nave que James T. Kirk capitaneou na série de TV original. Embora o presidente Gerald Ford não tenha mencionado a campanha, ele instruiu os funcionários da NASA a mudarem o nome, dizendo que ele era “parcial ao nome” Enterprise.

Em 1976, o ônibus espacial Enterprise saiu das instalações da Rockwell e foi recebido por funcionários da NASA e membros do elenco da série de televisão ‘Star Trek’. Da esquerda para a direita: Administrador da NASA, Dr. James D. Fletcher; DeForest Kelley (Dr. McCoy); George Takei (Sr. Sulu); James Doohan (engenheiro-chefe Montgomery Scott); Nichelle Nichols (tenente Uhura); Leonard Nimoy (Sr. Spock); criador da série Gene Roddenberry; um funcionário da NASA sem nome; e Walter Koenig (Pavel Chekov).

Em reconhecimento ao seu homônimo, o criador de Star Trek, Gene Roddenberry, e a maior parte do elenco principal da série original prestigiaram o evento quando o ônibus espacial Enterprise foi apresentado ao público no dia 17 de setembro de 1976.

A NASA projetou o Enterprise, que foi construído pela Rockwell para realizar voos de teste dentro da atmosfera; sem motores ou um escudo térmico funcional, o veículo não era capaz de realizar voos espaciais. O plano original da NASA previa a conversão do Enterprise para voos espaciais após os testes e torná-lo assim o segundo ônibus espacial a voar no Espaço, depois do Columbia (OV-102), mas o desenho da fuselagem e das asas tiveram de ser modificados após os testes.

O Columbia, então em construção, pode ser modificado, mas a conversão do Enterprise exigiria um esforço significativo: seções inteiras teriam que ser desmontadas e refeitas. O custo era proibitivo. Em vez disso, foi considerado mais barato construir o ônibus espacial Challenger (OV-099) a partir de materiais existentes.

William Shatner, o Capitão Kirk, não foi ao evento alegando compromissos profissionais, mas a verdade é que ele nunca teve uma boa relação com o elenco.

Depois que a NASA concluiu seus testes críticos com o Enterprise, a “nave” foi retirada de serviço e parcialmente despojada de certos componentes para uso nos outros shuttles.

Atualmente o Enterprise repousa no  Intrepid Sea, Air and Space Museum, na cidade de Nova York.


Com informações de space.com

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

Comments are closed.