Embraer disse que não recebeu proposta da Boeing para criar nova empresa.

A Embraer negou nesta sexta-feira (2), em comunicado ao mercado, que tenha chegado a um acordo com a Boeing para a criação de uma nova empresa, com participação de ambas, para qual seria transferido o setor de operações comerciais civis da brasileira.

Nesta sexta, a colunista Miriam Leitão, do jornal O Globo, informou que a Embraer teria aceitado uma proposta da Boeing para o modelo de parceria entre as companhias. Segundo a publicação, as duas criariam uma terceira empresa, que ficaria encarregada da operação comercial da fabricante brasileira de aviões — o segmento seria desenvolvido pelas duas. Já a parte militar do negócio da Embraer não faria parte do acordo.

“A Embraer não aceitou e tampouco recebeu proposta da Boeing Co., uma vez que as partes envolvidas ainda estão analisando possibilidades de viabilização de uma combinação de seus negócios, que poderão incluir a criação de outras sociedades”, destacou a empresa brasileira no comunicado.

No documento, a Embraer voltou a admitir que tem mantido “entendimentos” com a empresa estadunidense por meio de um grupo de trabalho, do qual o governo brasileiro também participaria.

“A Embraer reitera que não há garantia de que a referida combinação de negócios venha a se concretizar. Quando e se definida a estrutura para combinação de negócios, sua eventual implementação estará sujeita à aprovação não somente do governo brasileiro, mas também dos órgãos reguladores nacionais e internacionais e dos órgãos societários das duas companhias”.


Fonte: Gaúcha ZH

Anúncios

9 COMENTÁRIOS

  1. EMBR3/4 -12% na abertura do pregão de segunda… Obrigado Fake News e Miriam Porcão. Enquanto isso a Zelotes está nas manchetes e já tem jornalista pedindo o cancelamento do FX2 e acordo com a Saab. Quanto a Embraer e Boeing, é muito provável que nada aconteça.

  2. Estive visitando hoje o Kennedy Space Center e aí você vê o logo da Boeing estampado em um hangar de uma das plataformas de lançamento e tu pensa que não dá para acreditar em segunda empresa, parceria ou qualquer meio que permita a coexistência dessa que dizemos ser 'nossa'. Não querem uma parceira, querem simplesmente o mercado, e ao mesmo tempo eliminar uma concorrente. Pobres de nós que estamos perdendo a oportunidade de um dia sermos independentes num setor tão sensível. O tempo nos mostrará o rumo certo. 'Hasta lá vista babe'

    • Até escorreu uma lágrima aqui…

      ahahahaah

      Defina como conquistar a independência…

    • Cara, vc visitou o Kennedy Space Center e parece que não aprendeu nada!

    • E o interessante é que a Boeing vem demitindo milhares e milhares de trabalhadores e engenheiros.
      Aguardemos.

  3. Alguém soube do comunicado da Novaer? Dispensou a maioria dos funcionários, mais uma vez uma empresa fez um vôo de galinha e não vingou.

Comments are closed.