A Embraer entregou 11 aeronaves comerciais no primeiro trimestre de 2019.

A Embraer entregou um total de 22 jatos no primeiro trimestre de 2019 (1T19), dos quais 11 foram jatos comerciais e 11 foram jatos executivos (sendo 8 leves e 3 grandes). A carteira de pedidos firmes a entregar em 31 de março totalizava US$ 16 bilhões. Veja os detalhes a seguir.

Primeiro E175 entregue para Mauritania Airlines.

No 1T19, a Embraer entregou o primeiro jato E175 para a Mauritania Airlines, o primeiro deste modelo para o continente africano. A companhia aérea assinou um contrato firme de 2 jatos E175 em 2018. O contrato tem valor de US$ 93,8 milhões nos atuais preços de lista.

A Embraer assinou no início de abril um pedido firme de 10 jatos E195-E2 com a Air Peace, maior companhia aérea da Nigéria, que se tornará a primeira operadora dos jatos E2 na África. O contrato inclui o direito de compra de mais 20 jatos E195-E2. Com todos os direitos de compra sendo exercidos, o contrato tem valor de US$ 2,12 bilhões, com base nos preços atuais de lista. A encomenda será incluída na carteira de pedidos firmes da Embraer do 2T19.

Na Aviação Executiva, o Phenom 300, eleito pelo sétimo ano consecutivo o jato executivo leve mais vendido do mundo, alcançou 500 unidades entregues em março, tornando-se o único jato executivo a atingir esse marco nos últimos 10 anos. Esse modelo está em operação em mais de 30 países e sua frota já acumula mais de 780 mil horas de voo. A Embraer também anunciou no período as primeiras vendas de jatos executivos Phenom 300E e Praetor 600 para clientes do Brasil.

A Embraer Defesa & Segurança e sua parceira Sierra Nevada Corporation (SNC) anunciaram em fevereiro uma encomenda de 12 jatos de ataque leve e treinamento avançado A-29 Super Tucano para a Força Aérea da Nigéria. Esse pedido já havia sido incluído no backlog do 4T18.

A Marinha do Brasil anunciou no 1T19 a escolha do Consórcio Águas Azuis, formado pela thyssenkrupp Marine Systems, Embraer Defesa & Segurança e Atech, subsidiária do Grupo Embraer, para a construção de quatro navios de defesa no Programa CCT – Corvetas Classe Tamandaré como concorrente preferencial.

No segmento de Serviços & Suporte, a Embraer e a WDL Aviation GmbH, parte do grupo de logística Zeitfracht, assinaram um contrato para um Programa de Pool de serviços e suporte para uma frota de quatro jatos usados E190 adquiridos recentemente por leasing. A Air Astana, companhia de bandeira do Cazaquistão, também assinou um acordo de longa duração para um Programa de Pool de serviços e suporte para a nova frota de jatos E2, a segunda geração de aeronaves comerciais da Embraer.

3 COMENTÁRIOS