Aeronave cargueira LM-100J nas cores da Bravo Industries
Aeronave cargueira LM-100J nas cores da Bravo Industries

A BRAVO Industries, anunciou que vai adquirir 10 aviões cargueiros comerciais LM-100J Super Hercules da Lockheed Martin.

A BRAVO é um grupo de logística e de defesa, com operações em e foco no Brasil. A divisão de Logística de BRAVO, que consiste em BRAVO Cargas e Bravo MRO (manutenção, reparo e revisão geral), irá operar o LM-100J para operações de carga aérea no Brasil.

“Quando examinamos o mercado e demandas regionais para as nossas operações de logística, houve apenas uma aeronave que pode fazer todos os trabalhos que precisávamos fazer para servir os nossos clientes: o LM-100J”, disse JR Pereira, presidente e CEO da BRAVO Industries. “A aeronave LM-100J é especialmente adequada para chegar a regiões do Brasil, que não possuem infraestrutura aeroportuária, onde fazemos negócios. Estas são áreas que carecem de apoio em terra e determinada infraestrutura crítica necessária para a operação de outros cargueiros comerciais convencionais.

O LM-100J foi projetado para atender às diferentes necessidades do espectro operacional brasileiro, por sua vez, permitindo à BRAVO de fornecer bens e serviços vitais, onde eles são mais necessários. ”

Os serviços de carga aérea da BRAVO incluem tanto serviços com rotas estabelecidas e soluções específicas para cada rota (no mesmo dia, no próximo dia, etc.), bem como a movimentação de cargas especiais (pesadas, de grandes dimensões, perigosas, refrigerado, etc.) e operações personalizados.

“A BRAVO Industries é uma adição natural e bem-vinda à família dos usuários globais do Super Hercules”, disse Orlando Carvalho, vice-presidente executivo, Lockheed Martin Aeronautics.

“Como o C-130J em que se baseia, a LM-100J é construído para ir onde os operadores de outras aeronaves não podem, não vão ou não desejam. O LM-100J é o único cargueiro comercial que pode satisfazer plenamente as diferentes demandas do mercado brasileiro. A BRAVO é o operadora ideal para introduzir as capacidades incomparáveis ??do LM-100J nesta região crucial do mundo “.

A BRAVO é uma parceria com Height Securities, uma corretora com sede em Washington DC, servindo a empresa como consultora financeira exclusiva. Ambas as organizações estão trabalhando diretamente com Lockheed Martin nesta aquisição. O escritório de advocacia Squire Patton Boggs está fornecendo assessoria jurídica para a BRAVO.

“Estamos honrados em apoiar a BRAVO, uma vez que proporciona um serviço de carga aérea confiável, para cargas pesados e soluções de manutenção de aeronaves aos seus clientes”, disse John Akridge, fundador e sócio-gerente da Height Securities.

“Nossos colegas da Lockheed Martin estão desempenhando um papel fundamental na implantação desta aeronave excepcionalmente adaptada e adequada para as condições do mercado brasileiro e ampliando para o mercado da América Latina. A Bravo – com o uso desta aeronave única – está pronta para revolucionar a oferta ao mercado de logística para alcançar um futuro melhor para da as economias da região, as empresas e as pessoas “.

Lateral Investment Management, uma empresa de investimento com sede, em San Mateo, na Califórnia, está fornecendo o financiamento para BRAVO para a aquisição dos LM-100J.

“Vemos grandes oportunidades para aplicação civil da plataforma Super Hercules”, disse Kenneth Masters, sócio-gerente da Lateral. “Estamos muito animados para fornecer a solução financeira apoiando a BRAVO na aquisição desta excepcional aeronave.”

A LM-100J é a versão civil certificada das testadas aeronaves militares C-130J Super Hercules da Lockheed Martin. O primeiro LM-100J está atualmente em produção e vai passar por uma atualização do certificado de tipo da FAA, antes da entrega em 2018. Com inovações de projeto o LM-100J funcionará como uma aeronave cargueiro multimissão comercial, uma plataforma de transporte rápido e eficiente de carga.

O LM-100J incorpora os desenvolvimentos tecnológicos e aperfeiçoamentos ao longo das operações dos existentes L-100, que resultaram de anos de experiência operacional militar com o C-130J, incluindo mais de 1,3 milhões de horas de vôo por parte dos operadores em 16 países. O resultado desta experiência e avanço traduz em uma aeronave que vai entregar um serviço confiável em uma plataforma multimissão para as próximas décadas.

Anúncios

11 COMENTÁRIOS

  1. Não dava para esperar uma versão civil do Kc-390 (se é que existirá)?

  2. Não conhecia essa Bravo Industries.
    Então o C-130J vai operar no Brasil, no final das contas…

  3. Meu coração ainda vai parar por conta dessa notícia. Largo até meu cachorro pra voar o Herk!!! Kkkkkkk

  4. Uma empresa vai ter mais cargueiros que a Fab?
    Eh pra rir ou chorar?

    • Normal que uma empresa especializada em carga tenha mais cargueiros que a FAB.
      A Volga russa esta semana encomendou 20 Boeing 747-800Cargo.
      A FedEx Express americana tem 653 cargueiros, só de Boeing 757,767 e 777 são 180 aviões cargo. Tem mais de 50 MD-11.
      Os A300, A310, DC-10 e MD-10 antigos estão sendo substituidos por 74 Boeing 767 cargo encomendados, mais a opção de 50 B767 para receber até 2023. https://en.m.wikipedia.org/wiki/FedEx_Express

  5. Seria muito interessante saber exatamente em que tipo de operação esses aviões serão usados. O fato de nem ser cogitado o KC-390 provavelmente deve-se ao fato de uma introdução rápida em operação dos aparelhos, além da normal aversão de empresas privadas ao risco de comprar uma aeronave ainda em fase de testes, já que não podem se dar ao luxo dos riscos de projetos tão recentes.

  6. Não sou especialista em nada, apenas gosto muito de aviões ,militares e civis.
    Acho estranho uma empresa desconhecida , de transporte aéreo e MRO, anunciar que irá operar, no Brasil, uma frota de tamanho considerável de um avião concorrente direto de um produto nacional justamente no momento em que esse avião é apresentado ao mundo e em que se anuncia uma parceria com uma líder global da aviação, que certamente irá alavancar as vendas desse produto.
    Além disso achei o texto dos parceiros dessa BRAVO muito piegas, muito comadres.
    Me parece uma jogada de marketing.
    mas, ressalto, sou apenas um apaixonado pela aviação.

Comments are closed.