O último Eurofighter entregue para Força Aérea Alemã até o momento. (Foto: Dietmar Fenners)

A Luftwaffe (Força Aérea Alemã) recebeu no dia 17 de dezembro a sua última aeronave Eurofighter Typhoon encomendada, como parte de seu atual programa de compra.

O último Eurofighter para Luftwaffe, um jato da versão Tranche 3A com a matrícula 31+53, foi entregue no local de produção da Airbus em Manching, no sul da Alemanha. Com esta entrega, a Luftwaffe recebeu 143 caças Eurofighter, desde a entrega da primeira aeronave número 1 em 2003.

Com esse marco, a Alemanha se tornou o segundo país parceiro, depois do Reino Unido, a concluir as entregas dos caças Eurofighter. A Força Aérea Real Britânica (RAF) recebeu sua última aeronave da Tranche 3A na unidade de Warton da BAE Systems no dia 27 de setembro, finalizando a entregas de 160 aeronaves produzidas para a RAF, com as entregas também iniciadas em 2003.

A curto prazo, a fábrica em Manching, perto de Munique, se concentrará na entrega de peças a serem montadas em outros locais de produção nacionais na Itália, Espanha e Reino Unido. Um representante da Eurofighter disse que a linha permanecerá ocupada até o projeto “Quadriga”, onde a Luftwaffe substituirá as primeiras 32 unidades Tranche 1 por 38 novas aeronaves equipadas com um radar de varredura eletrônica ativa (AESA). Um contrato é esperado pelo governo alemão em breve.

Essa fabricação contínua de componentes e o trabalho no projeto “Quadriga” permitirão que Manching assuma uma produção para os novos jatos que substituirão os Tornado na Alemanha e os requisitos de ataque eletrônico da OTAN (este último é chamado de programa Luftgestützte Wirkung im Elektromagnetischen Spektrum [luWES]). Se for bem-sucedido, a seleção de um único fornecedor poderá fornecer um contrato para Airbus construir 97 outras aeronaves do tipo Eurofighter, incluindo a versão ECR/SEAD para a Luftwaffe, além das 38 já reservadas para o projeto “Quadriga”.

Anúncios