A Força Aérea Francesa declarou a capacidade operacional inicial do mais recente padrão F3-R de seu caça Rafale, que será aprimorado ainda mais em 2020 com a integração do míssil ar-ar Meteor e o módulo de designação a laser Talios. (Foto: Armée de L’Air)

Na sexta-feira, 6 de dezembro de 2019, a capacidade operacional inicial do Rafale padrão F3-R foi declarada pela Força Aérea Francesa.

Este anúncio segue vários meses de treinamento de tripulações e equipe técnica do Comando da Força Aérea e do Comando Estratégico da Força Aérea Francesa nesse padrão, desde que foi oficialmente aceito no serviço em julho deste ano.

Enquanto continua a acelerar as unidades operacionais, essa etapa fundamental antes da integração no início de 2020 do míssil METEOR e do módulo de designação a laser TALIOS permite que a Força Aérea Francesa use o Rafale F3-R em suas missões permanentes de dissuasão nuclear, operações estrangeiras e proteção do espaço aéreo francês, conhecida como Postura de Segurança Permanente (Posture Permanente de Sûreté).

Este é um passo importante para a introdução de serviço do Rafale F3-R, que integrará as duas novas cargas úteis até o final do primeiro semestre de 2020.

Este padrão é, no entanto, apenas um passo e confirma o potencial de crescimento do Rafale. O desenvolvimento do padrão F4 foi lançado no final de 2018. Ele continuará evoluindo para trazer as aeronaves de combate para o Future Air Combat System (SCAF).

Anúncios