O A400M francês durante testes em pistas semi-preparadas. (Foto: Airbus DS)
O A400M francês durante testes em pistas semi-preparadas. (Foto: Airbus DS)

Oficiais da Força Aérea Francesa acreditam no A400M e pediram à imprensa para “parar de dar pancadas no A400M”. A aeronave é vista como uma espinha dorsal vital da frota aérea francesa nos teatros de operação.

Melhorias nas capacidades do A400M foram feitas para atender a exigência das nações parceirias do projeto. (Foto: Airbus DS)
Melhorias nas capacidades do A400M foram feitas para atender a exigência das nações parceirias do projeto. (Foto: Airbus DS)

Desde que a Airbus Defense and Space melhorou a configuração de suas equipes da aeronave A400M há alguns meses, “tudo está funcionando muito melhor”, disseram os oficiais da Força Aérea Francesa, em um recente artigo on-line no jornal Lepoint.fr. “Prevejo uma grande melhora em março de 2017”, disse o coronel Michel Gallazini, comandante da base aérea de Orléans 123, onde estão localizados os A400Ms Atlas franceses. Quatro aviões estão disponíveis em pistas asfaltadas, e seis adicionais estão atualmente sendo adaptados pela Airbus DS para o mais recente padrão até ao final do ano.

43a7630c4906f868692443e627dcb60fAs aeronaves A400Ms estarão então de acordo com as expectativas do ministro francês da Defesa, Jean-Yves Le Drian. “As manifestações contrárias ao A400M na imprensa tem de parar”, acrescentou a tenente-coronel Diane, engenheira da força aérea que é responsável pela manutenção operacional dos A400M franceses. “Três dos meus quatro A400Ms estão disponíveis hoje.”

a400m-mali

O A400M da Força Aérea da França visto em operação em Mali. (Foto: Armée de L'Air)
O A400M da Força Aérea da França visto em operação em Mali. (Foto: Armée de L’Air)

A Airbus DS está continuamente aperfeiçoando as capacidades militares do A400M, como a decolagem e o pouso em pistas não pavimentadas; no Subsistema de Apoio Defensivo; nos lançamentos de cargas aéreas e no reabastecimento ar-ar. O tempo de entrega é absolutamente crucial, pois “atrasos na funcionalidade do A400M resultam em morte e feridos entre nossos companheiros”, disse outro oficial. Sempre que você não tem uma aeronave fornecendo uma base avançada, você precisa de veículos que rodam pelas estradas cobertas de dispositivos explosivos improvisados. O A400M foi desdobrado pelas forças aéreas francesas e turcas para os teatros de operações no Afeganistão, na República Centro-Africana, no Mali e no Médio Oriente.

Anúncios

8 COMENTÁRIOS

  1. Putz, essa foi de doer os olhos ao ler.
    Tem horas que eu penso que seria melhor fazer como na trollogia, fechar os comentários pra assinantes e filtrar algumas coisas.

    Tenso!

    • Há anos acompanho as noticias do mundo da aviação, principalmente aqui no Cavok. Estive sumido por uns tempos, mas há pouco mais de um mês voltei a dar uma de entendido, dar uns pitacos…
      Eu gosto muito daqui pelos comentários e a liberdade tanto dos editores como daqueles que defendem os pontos mais radicais. Realmente é um lugar democrático e sim, há um respeito tremendo das opiniões. Creio que até umas respostas que poderiam ser consideradas meio ácidas são feitas de boa, sem agressão, em um espírito de contribuição.
      Acompanhava um outro fórum que infelizmente decaiu bastante, principalmente por agressões verbais – coisa que por aqui eu nunca vi.
      Fico muito feliz (as vezes, dou risadas, claro) lendo os comentários e vendo a qualidade também das matérias. É um blog/fórum sensacional. Parabéns aos editores e comentaristas.
      Lembro-me de uma forma saudosista, dos grandes embates travados aqui em relação ao programa FX e FX-2: os defensores do "Tijolão bugado", do "Rafaleco" e do "Gripinóquio" (que acabou vencendo afinal de contas).

      Agora, que um parece a cara do outro, parece (AN-70 e A400). Quem copiou quem? E o governo da Ucrânia pede para a imprensa parar de descer a lenha no AN-70???

      • Perfeito, esse espaço é extremamente democrático, apesar de bastante "vigiado". Eu não sou da área, somente um passante como o senhor, e digo que minha estadia por aqui se estende exatamente por conta do olhar precioso e atento dos administradores.

        Obrigado por sua intervenção em meu comentário.
        Sds

        PS – passou a vontade de ter os comentários fechados… rsrs

      • Por isso que acho que umas das coisas mais legais das matérias do CAVOK é ler os comentários depois.

    • Lá não tá nada filtrado. Recomenda-se colírios e compressas pós leitura.

Comments are closed.