A aeronave Let L410 da Summit Air colidiu com um helicóptero que estava parado no Aeroporto em Lukla.

Pelo menos três pessoas morreram quando um avião Let L-410UVP-E20 da Summit Air (prefixo 9N-AMH), durante a decolagem, colidiu diretamente em um helicóptero Eurocopter AS350B3e (9N-ALC) da Manang Air que estava estacionado no aeroporto em Lukla, Nepal.

O acidente ocorreu por volta das 9h10 (hora local) no Aeroporto Tenzing-Hillary em Lukla, uma importante porta de entrada para o Monte Everest. O helicóptero estava sendo preparado para um voo para Ramechhap.

Outros passageiros feridos foram levados de helicóptero para Katmandu e estão em tratamento no Grande Hospital. Dentre os mortos estavam um dos dois pilotos e dois policiais no solo.

A aeronave L410 da Summit Air decolou na direção errada e atingiu os helicópteros próximos estacionados, informou o Departamento de Polícia do Distrito em Solukhumbu.

De acordo com o comunicado de imprensa emitido pela Autoridade de Aviação Civil do Nepal (CAAN), o avião da Summit Air e um helicóptero da Manang Air ficaram completamente destruídos no acidente, enquanto outro helicóptero AS350 (9N-ALK) da Shree Airlines ficou parcialmente danificado.

Não havia passageiros a bordo do helicóptero que decolaria para Manthali.

O aeroporto em Lukla, que é conhecido pelas suas aproximações complicadas, ficou fechado após o incidente. Ele está localizado em uma montanha a uma altitude de 2.845 metros. A pista tem apenas 527 metros de extensão, com um declive de 11,7%. As decolagens devem ser realizadas a partir da pista 24 em descida. O heliponto está localizado à direita da pista 24, cerca de 100 metros além do limite da pista.

1 COMENTÁRIO