As aeronaves Gripen serão revisadas na base de Kecskemét na Hungria. (Foto: MTI/Sándor Újvári)

Depois de seis meses fora de casa, caças JAS39 Gripen da Força Aérea Húngara retornaram para sua base natal em Kecskemét, no centro da Hungria, informou a agência de notícias MTI.

O aeroporto de Kecskemét, anteriormente apenas militar, foi desenvolvido para ser um aeroporto de uso duplo, tanto para aeronaves civis quanto para militares, com financiamento do programa de investimentos em segurança da OTAN e da iniciativa “Cidades Modernas” do governo húngaro.

Atualmente, a frota de aviões de caça da Hungria é composta por 12 aeronaves Gripens operacionais, parte dos quais atendem regularmente ao sistema de policiamento aéreo do Báltico, instalado pela OTAN em 2004.

A Estônia e os outros dois países bálticos, Letônia e Lituânia, não têm capacidade de patrulha aérea e missões de policiamento aéreo são realizadas por seus aliados da OTAN em rodadas de quatro meses a partir da Base Aérea de Ämari, no Condado de Harju, na Estônia. As implantações usuais consistem em quatro aeronaves de combate com entre 50 e 100 militares de suporte.

A Força Aérea da República Checa também serve nessas rotações com seus caças Gripen.


Fonte: MTI

Anúncios