Os caças F-16 da Força Aérea Dinamarquesa voaram novamente para interceptar uma aeronave de reconhecimento russa Il-20M sobre o Mar Báltico. Desta vez, embora rotineira a missão de alerta, o F-16 ostentava uma pintura especial, o que serviu para registro de belas imagens.

A aeronave F-16 dinamarquesa com a matrícula E-191 que participou da missão possui a pintura batizada “Dannebrog”, com as cores da bandeira dinamarquesa. A notícia foi divulgada pelo serviço de imprensa do Ministério da Defesa da Dinamarca no Twitter.

“Os caças F-16 dinamarqueses estavam no ar para identificar uma aeronave Il-20M russa que voava no dia 30 de setembro perto do espaço aéreo dinamarquês. A missão de interceptação foi de rotina”, disse o ministério.

O Il-20 “Coot”, que em nenhum momento entrou no espaço aéreo dinamarquês, é uma aeronave militar russa projetada para o uso integrado de equipamentos de reconhecimento aéreo com base em vários princípios de obtenção de informações. Equipado com radar de vista lateral, equipamento fotográfico, scanner de infravermelho, sensores ópticos e sistema de comunicação via satélite para troca de dados em tempo real.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.