Caça F-35A da JASDF.

Na quinta-feira (05/09), a Força de Autodefesa Aérea do Japão (JASDF) retomou os voos de treinamento usando caças F-35A, encerrando a suspensão após o acidente com um F-35A em abril deste ano.

 

O ministro da Defesa Takeshi Iwaya anunciou a retomada mais cedo naquele dia, dizendo que o treinamento poderia ser reiniciado porque o JASDF realizou verificações de segurança na aeronave e forneceu aos pilotos programas de reciclagem.

O ministro também citou que o governo municipal de Misawa, na província de Aomori – a localização da base de Misawa à qual o jato caiu pertencia – consentiu na retomada.

No entanto, voos noturnos de treinamento não serão realizados por enquanto, disse Iwaya.

“Tomamos todas as medidas possíveis para garantir a segurança dos voos [do F-35As]”, disse o ministro em entrevista coletiva.

O F-35A caiu no mar, na costa da província de Aomori em abril, durante um vôo noturno de treinamento, matando o piloto. A JASDF disse em junho que o piloto provavelmente havia caído em um estado de desorientação espacial, ou perda de consciência situacional, no momento do acidente.


Fonte: The Japan News

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS