Aeronave ARJ21 no aeroporto em Vladivostok, Rússia.

O jato regional chinês ARJ21 realizou seu primeiro voo internacional no dia 26 de outubro.

O COMAC ARJ21 da Chengdu Airlines, prefixo B-603P, foi implantado na nova rota entre Harbin, China e Vladivostok, Rússia. Esta rota será percorrida por um ARJ21 da Chengdu Airlines duas vezes por semana, segunda e sexta-feira, durante o inverno de 2019-2020.

A aeronave decolou do Aeroporto Internacional de Harbin Taiping e pousou suavemente em Vladivostok após 1 hora e 3 minutos. O voo é o EU1819/20, a viagem decolará às 18h50 e chegará às 20h00. O retorno decola às 21h00 e chega às 22h25 (horário de Pequim).

Vladivostok e Harbin estabeleceram uma relação de amizade com a economia, o comércio, a educação e o turismo da China. A abertura dessa rota fortalecerá ainda mais os vínculos entre cidades, o intercâmbio econômico e comercial e o intercâmbio de pessoal entre as duas cidades, além de aprofundar a cooperação amistosa para adicionar uma ponte aérea conveniente.

O ARJ21 é o primeiro jato comercial desenvolvido pela China. Devido à sua cauda em T e à forma da fuselagem, o dispositivo se parece com o norte americano McDonnell Douglas MD-80/90.

A aeronave realizou seu primeiro voo comercial há dois anos com a operadora de lançamento Chengdu Airlines.

O ARJ21 pode transportar um máximo de 90 passageiros. O jato regional da COMAC é destinado principalmente para destinos remotos no norte e oeste da China.

Até agora, a COMAC entregou 19 aviões ARJ21, os quais estão atualmente voando para a Chengdu Airlines. Outras operadoras que encomendaram o avião são respectivamente China Eastern Airlines, Air China, Gengis Khan Airlines, Urumqi Airlines e Jiangxi Air.

Desde a primeira viagem comercial da aeronave ARJ21, a Chengdu Airlines transportou mais de 540.000 passageiros e atendeu 28 cidades.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

Comments are closed.